Quatro Passos para Alcançar a Unidade - Parte II

A Unidade é algo fantástico. Dando continuidade a série, falamos aqui sobre o 'Confronto'. Um princípio importantíssimo para manter a Unidade e a Lealdade.

Para acessar a PARTE I e ouvir os 'Benefícios da Unidade', 'O que é Unidade' e os passos I e II, a saber, 'Amor' e 'Perdão' visite: PARTE I.


Baixar mp3: MediaFire 4shared MEGA


3. Confronto

Hoje daremos continuidade a série “Quatro Passos para Alcançar a Unidade”. Já vimos:

Importância da Unidade
O que é unidade.
Passo 1: Amor.
Passo 2: Perdão.

Hoje falaremos sobre o Passo 3: Confronto.

Talvez alguém possa perguntar: “Mas pastor, como que confronto pode ser algo que traz unidade”? Bom, é isso que veremos hoje.

"Se o seu irmão pecar [contra você], vá e, a sós com ele, mostre-lhe o erro. Se ele o ouvir, você ganhou seu irmão. Mateus 18:15.

Parece-me uma característica do povo Brasileiro evitar o confronto. Talvez por isso existam tantos conflitos.
Já viu alguém falar mal de um político? Agora, já viu essa mesma pessoa a sós com o político dizer as mesmas coisas e do mesmo jeito?
Já viu alguém falar mal do patrão? Agora, já viu essa mesma pessoa falar as mesmas coisas e do mesmo jeito olhando nos olhos do patrão?

Falar mal de alguém para outra pessoa é deslealdade. Falar do erro de alguém para outra é fofoca.

E quanto a nós cristãos?
Já viu algum irmão dizendo algo sobre o outro? E essa mesma pessoa procurando o irmão em questão e dizendo as mesmas coisas e do mesmo jeito?

Infelizmente, havia no Brasil essa cultura. De ser muito corajoso em expor as diferenças e erros dos outros pelas costas e uma total covardia em procurar a pessoa e olhando em seus olhos expor os pensamentos. E digo havia porque creio que nós, o povo de Deus estamos mudando isso na nação! Amém?

Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio. 2Tm 1:17.

Uma vez que a pessoa não fala ‘na cara’ porém, pelas costas, seu coração vai se enchendo de indignação até que chega um ponto em que explode!

Por evitar confrontar e expor os pontos onde achava que a outra estava errada, a pessoa acumulou tanta indignação dentro de si, que não conseguiu dialogar, logo esbravejou com ira e iniciou um conflito doloroso.

[Teatrinho: Mexerica / Bergamota]

Imagine só. Quantos homens de Deus temos aqui hoje?
Quantas mulheres de Deus temos aqui hoje?
Ok.

Se eu visse você cometendo um pecado terrível, que poderia destruir a sua vida. Porém, claramente você não se deu por conta de que aquilo é um pecado terrível. Como você gostaria que eu procedesse?

a) Ficasse quieto e não me intrometesse na sua vida?
b) Contasse para minha esposa ou amigos, ou ainda para meu discipulador, para ‘orarmos’ por você?
c) Que eu lhe procurasse em particular e expusesse biblicamente o erro.

Ora bolas, por favor. Eu obviamente preferiria que você me procurasse em particular e expusesse através da Bíblia o erro, para que eu pudesse então me arrepender e mudar de vida.

Agora, não é para sermos ‘cri-cri’ e ficarmos o tempo todo passando o sermão nos outros. Por exemplo: Você viu o irmão não falar com amor com o caixa do mercado. Ele chegou lá e falou ago do tipo: “Poxa, que demora, me dá logo esse meu troco”.
Ele deveria ter falado com mais amor? Claro.
Vai chamá-lo em particular por causa disso? Só se for seu discípulo. Aí você deve mesmo conversar com ele sobre isso. Senão aplique 1Pe 4:8.

Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados. 1 Pedro 4:8.

Ok. Chegamos então a conclusão de que se alguém pecar, devemos procurar a pessoa em particular e expor biblicamente o erro dela. Será que é só isso? Não!

Se apenas expressarmos dessa maneira, podemos na verdade é criar um NOVO problema além de não resolver o antigo.

Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18.


Vejamos o que diz em 2Tm 2:24-26.

Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender Paulo foi expulso da Igreja de Jerusalém por causa disso, e sim deve ser brando para com todos “a mas aquele” TODOS, apto para instruir, paciente, 25disciplinando com mansidão grande poder sob controle os que se opõem, na EXPECTATIVA de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, 26mas também o retorno à sensatez, livrando-se eles dos laços do diabo muitas vezes a pessoa nem percebeu, tendo sido feitos cativos por ele para cumprirem a sua vontade.

Este é o princípio de REPREENDER COM AMOR E FÉ.
Antes de procurar um irmão na fé para confrontar pelo seu erro / pecado; você precisa certificar-se de que:
1) Está possuído de amor por esta pessoa.
2) Tem uma grande expectativa de ajudá-la.
3) Tem fé de que ela ao ouvir, vai se arrepender e mudar de vida.

Se você ainda não consegue se enquadrar nestes 3 princípios, ore mais, busque mais a Deus até que esteja pronto para confrontá-la com amor e fé. Enquanto isso; não comente sobre o erro dela com o discipulador dela, nem com seu cônjuge… E jamais, jamais dê indiretas por redes sociais!

Porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu. Rm 5:5
Poder amor e equilíbrio.

Ok. Tudo bem agora? Já podemos sair por aí confrontando os irmãos com amor e fé? Calma!

COMO VOCÊ REAGE AO SER CONFRONTADO?

"Quem corrige o zombador traz sobre si o insulto; quem repreende o ímpio mancha o próprio nome. Não repreenda o zombador, caso contrário ele o odiará; repreenda o sábio, e ele o amará. Instrua o homem sábio, e ele será ainda mais sábio; ensine o homem justo, e ele aumentará o seu saber. Provérbios 9:7-9.

Só um parêntese. Não vamos sair por ai repreendendo o pecado dos não convertidos.
Imagine chegar em uma praça lotada de jovens não convertidos e começar: “Vocês vão queimar no inferno se ficarem transando antes do casamento, usando drogas e se embriagando”. Ou entrar em um banco e esbravejar: “O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”.

Isso só fecharia seus corações. O ‘arrependei-vos’ de João Batista e de Jesus foi em meio ao ‘povo de Deus’.

Continuando…

a) Qual a sua postura quando é confrontado?

b) Você realmente analisa se faz sentido ou logo dá uma desculpa?

c) Você facilita a vida do seu discipulador ou toda vez que ele vai te repreender você já interrompe antes dele terminar com uma explicação?

O discípulo que sempre tem uma desculpa ou explicação ao ser confrontado, corre o risco de desanimar o discipulador de confrontá-lo. E isso seria terrível!

Se o seu discipulador nunca lhe confronta em nada; cuidado, pode ser que você tenha procedido como um tolo das últimas vezes que ele te confrontou.

Tenha coragem. Procure seu discipulador e diga: “Eu quero ser confrontado”!

E agora, será que já podemos sair confrontando, com amor e fé e tendo uma postura de humildade ao ser confrontado?

Calma, tem mais coisa ainda…

Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. 1Ts 5:14.

Se porventura a pessoa te procurar e disser: “Olha, meu líder disse assim, mais eu penso assado”. Você com todo amor e fé, vai admoestá-lo: “Amado, você nem deveria ter falado isso para mim, ele é seu líder, você deveria ter procurado ele diretamente e falado com ele”.

Agora, nem sempre é uma insubmissão. Às vezes é um desânimo ou uma fraqueza.
Ah, meu líder pediu para mim discipular o fulano, mas, estou desanimado para isso”. Nesse caso ele não está sendo rebelde. Ele quer obedecer ao líder; só está desanimado. O que você vai fazer? ANIMÁ-LO! “Vamos lá querido, você consegue! Tenho certeza que se o teu líder te pediu isso é porque o Espírito Santo já te capacitou”!

Esse é nosso dever como cristãos, estarmos o tempo todo animando uns aos outros.

Só mais um para encerrarmos?

16Seis coisas o Senhor aborrece, e a sétima a sua alma abomina: 17olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, 18coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, 19testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas (discórdias) entre irmãos. Provérbios 6:16-19.

Para fazer aqui o paralelo entre aborrece e abomina. A cena é mais ou menos essa. Você chega em um restaurante e quando vai comer, encontra um cabelo do cozinheiro no prato. Você aborrece isso. É nojento.
Você chama o cozinheiro. Ele vem, olha para o seu prato e pasmem! Cospe no prato! Seria uma atitude abominável!!!

Deus abomina a fofoca, especialmente aquela que afasta os membros do corpo de Cristo. Quando alguém consegue afastar irmãos em Cristo com suas fofocas, está cuspindo no prato de Deus!

Em se tratando de pecados pessoais. (Não estamos falando aqui de um erro como líder de célula (Casa de Cloé), como figura política…)

Então lembre-se: O arguí-lo, o confrontá-lo, é entre ti e ele.
NÃO CONTE PARA A ESPOSA
NÃO CONTE PARA O MARIDO
NÃO CONTE PARA O DISCIPULADOR

E se alguém me procurar e começar a falar sobre o pecado de alguém”?
Diga: “O amado, você precisa falar isso para o fulano”.
Se ela disser: “Não, não não vou falar nada”.
Diga: “Então eu vou procurar ele e dizer que você falou isso”.
Se ela disser: “Não, não, deixa que eu falo então”.
Ai você diz: “Até que dia você vai procurar ele para falar sobre isso?”.

Seu ouvido não é penico! Ouvir uma fofoca é ser cúmplice e isso é abominável diante de Deus!

Deus habita em meio aos louvores, não em meio aos falatórios, burburinhos e fofoquinhas!

Ministração:

Onde estão os irmãos e irmãs em Cristo que amam ser confrontamos com amor e fé sobre seus pecados?

Onde estão os irmãos que são corajosos e com amor e fé falam diretamente com aquele que errou?

Onde estão os irmãos e irmãs corajosos que não aceitam fofocas?

Chega de guardar decepções em seu coração. Zere esse caixa emocional.

Sempre que achar que um irmão em Cristo pecou:

1) Não guarde isso como decepção em seu coração.
2) Não saia fazendo fofoca.
3) Confronte com amor e fé, na expectativa de que a pessoa vai mudar.

Vamos ter agora a santa ceia. Desafio você a pedir perdão ao Senhor por todo tipo de fofoca que você tenha feito ou ouvido.
A pedir perdão por toda vez que através de seus falatórios, surgiram discórdias entre os irmãos.
Pedir perdão por cada vez que você foi ‘leva e traz’.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...