Como entrar em Canaã - A Vida Cristã Vitoriosa

O desejo de Deus é que tenhamos uma vida cristã vitoriosa. A saga dos Hebreus traz figuras fantásticas para essa caminhada. Aprenda nessa mensagem como atravessas os desertos e desfrutar de tudo aquilo que o Senhor preparou para você!






Como Entrar em Canaã

Introdução

As coisas que aconteceram no Antigo Testamento são uma parábola e testemunho para nós hoje.

Porque não quero, irmãos, que vocês ignorem o fato de que todos os nossos antepassados estiveram sob a nuvem e todos passaram pelo mar. Em Moisés, todos eles foram batizados na nuvem e no mar. Todos comeram do mesmo alimento espiritual e beberam da mesma bebida espiritual; pois bebiam da rocha espiritual que os acompanhava, e essa rocha era Cristo. Contudo, Deus não se agradou da maioria deles; por isso os seus corpos ficaram espalhados no deserto. Essas coisas ocorreram como exemplos para nós, para que não cobicemos coisas más, como eles fizeram. 1 Coríntios 10:1-6

O texto faz algumas referências muito interessantes:

- Saíram do Egito pelo Mar Vermelho (conversão no sangue de Jesus). Os ‘demônios’ inconformados saíram atrás.
- Passaram o Mar Vermelho e estiveram sob a nuvem (Batismo). O batismo é um marco na vida do Cristão.
- Comeram pão e carne do céu e beberam da água que saia da Rocha. Nós participamos da Santa Ceia do Senhor.
- A esmagadora maioria deles (que se converteram e foram batizados) morreram sem nunca entrar em Canaã!

É importante que você entenda bem a alegoria. Eles precisariam sair do Egito com os exércitos de Faraó atrás deles, atravessar o Mar Vermelho, caminhar 40 dias pelo deserto e finalmente entrar em Canaã. Só que em vez de levarem 40 dias, a incredulidade, a murmuração, a idolatria, a depravação e muitos outros pecados levaram a maioria deles a morrer ali mesmo no deserto e o povo como um todo, entrar na terra apenas após 40 anos!
Egito = Velha vida de escravo do pecado.
Mar Vermelho = Conversão e Batismo.
Deserto = Vida Cristã / Provações.
Canaã = Vida Cristã Vitoriosa.

Infelizmente isso ainda acontece e muito! A pessoa se converte, é batizada nas águas, começa bem; porém fica andando 40 anos em círculos pelo deserto! Muitos tem morrido no deserto! Salvos sim, mas nunca desfrutaram de tudo que o Senhor tina para eles nessa terra.

Eles haviam sido escravos no Egito. Seus pais foram escravos no Egito. Seus avós foram escravos no Egito. O que eles eram? EGÍPCIOS! Qual era a mentalidade deles? ESCRAVOS!

Nós éramos escravos do pecado (Jo 8:34) no reino das trevas (Cl 1:13).
Jesus nos transformou em novas criaturas (2Co 5:17). Na parte mais profunda do nosso ser, o espírito, somos uma nova pessoa. Agora precisamos educar nossa alma e corpo, que estavam acostumados a viver segundo os preceitos desse mundo.

O povo havia saído do Egito, mas, o Egito ainda não havia saído deles.


1) Figura da Conversão / 10 pragas.

Assim como Faraó não queria perder seus escravos, o diabo não quer que uma pessoa se converta. Você era escravo do diabo e se hoje crê em Cristo, é porque foi travada uma batalha por sua vida.
Quando o diabo vê que vai perder, ele tenta meia liberdade. Vão e voltem.

- “Vocês pode ir, mas os seus bens não”.
- “Vocês podem ir, mas a família não”.

Precisamos aplicar fé, mudar a nossa mentalidade e atitudes e declarar a salvação de Deus penetrando todas as áreas da nossa vida.

Quando finalmente eles conseguem sair, um ponto crucial se aproxima. O Mar Vermelho.

Antes do batismo nas águas, estão atrás da pessoa todos os exércitos do diabo para impedi-la. Nesse momento é necessário uma decisão: Deixar para trás a velha vida de escravo do pecado e avançar para uma vida Cristã Vitoriosa (Canaã) ou desistir de tudo, ‘antes que a coisa fique séria’?



2) O deserto / Provações.

Depois de passar pelo batismo nas águas, o mundo ficou para trás. Pelo menos fisicamente.

Satanás ataca na mente do povo:

- “Porque nos trouxe para morrermos nesse deserto”?

Nem sempre a vida cristã é fácil. Jesus mesmo disse que teríamos aflições. Agora, Deus não nos salvou para levarmos uma vida terrível. Nos salvou para uma vida Cristã Vitoriosa. Sim, com grandes desafios, porém, cheia de alegria e contentamento no Senhor.
Se olharmos apenas para o deserto, vamos desanimar. Porém, se formos capazes de fechar os olhos e nos lembrarmos das promessas, nos lembrarmos da Terra Prometida; continuaremos marchando cheios de fé!

Os desertos não são para sempre. São bases preparatórias para um futuro glorioso: Moisés foi forjado no deserto. Josué e Calebe foram preparados no deserto. Davi foi preparado no deserto. Jesus e João Batista foram treinados no deserto. Até Paulo se preparou no deserto da arábia.

E você acha que não teria deserto para você também?

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. Tiago 1:2,3.

O deserto não é lugar para ficar pensando na vida passada no mundo, nem para ficar concentrado na dificuldade do momento. Deserto é o lugar para prepara-se e concentrar-se na conquista de Canaã!

No deserto a fé é provada. Precisa escolher entre a fé e o que os olhos estão vendo.

No deserto seus sentidos conspiram contra você: Só areia. Sente o calor insuportável. O sabor salinizado e seco na boca. Um silêncio mortal ou o uivar do vento.

Precisa tomar uma decisão: Crer na realidade natural ou na realidade espiritual.

Na realidade natural, interpretada por seus 5 sentidos, você está no deserto.
Na realidade espiritual, interpretada pelos seus sentidos espirituais, você já está em Canaã!

O deserto é o lugar onde você precisa crer e avançar! Fixar os pensamentos nas promessas!

Enquanto Pedro confiou na realidade espiritual, ele andou sobre as águas.
No momento em que confiou em seus sentidos naturais, afundou. Quando confiou na ‘realidade’ afundou. Afinal, um homem não pode andar sobre as águas, não é mesmo?

Ser cristão é crer no sobrenatural. Ser cristão é viver pela fé.

Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. 2 Coríntios 5:7

É acreditar no impossível.

Jesus respondeu: "O que é impossível para os homens é possível para Deus". Lucas 18:27

É entender que os princípios do reino estão muito acima das leis naturais! Assim como a constituição do Brasil está muito acima e governa sobre qualquer lei municipal; assim os princípios do Reino de Deus estão muito acima e governam sobre qualquer lei natural.

- “Ah se estivéssemos no Egito para comermos carne e alhos poró, aqui só tem essa porcaria de pão do céu”.

O diabo tenta levar o pensamento de volta as ‘coisas boas do mundo’. Ao maravilhoso queijo da ratoeira; a deliciosa isca do anzol.
Durante muitos anos venho observando qual veneno os ratos gostam mais. Sempre compro desse para eles! Os amo? Não! Eu quero matar eles!

É necessário que você tenha nojo das ‘cosias boas do mundo’ porque senão elas vão te matar!

Acaso não odeio os que te odeiam, Senhor? E não detesto os que se revoltam contra ti? Tenho por eles ódio implacável! Considero-os inimigos meus! Salmos 139:21,22.

Um bom rato deveria sentir ódio de mim e nojo do ‘saboroso’ veneno.

Temer ao Senhor é odiar o mal; odeio o orgulho e a arrogância, o mau comportamento e o falar perverso. Provérbios 8:13.

Você precisa detestar o pecado, detestar até suas lembranças pecaminosas; por mais que tenham parecido ‘boas’, eram veneno, eram isca no anzol, petisco na ratoeira! Ou você passa a odiar isso e essas lembranças ou isso poderá te levar para o inferno!

Amém? Não basta parar de pecar. É necessário detestar, odiar o pecado com ódio implacável! Não aquela coisa de: “Ah eu gosto tanto, mas, não posso mais”. Arrependa-se! Passe a detestar o pecado!

A outros, salvem-nos, arrebatando-os do fogo; a outros ainda, mostrem misericórdia com temor, odiando até a roupa contaminada pela carne. Judas 1:23.

Tenha nojo daquela ‘roupinha’ que você usava na balada para seduzir. Odeie aquela roupa que você usava na feitiçaria. Odeie as vestes do pecado e vista-se de santidade!


- “Vamos voltar ao Egito, lá há água”.

Satanás tenta mostrar que as pessoas lá no mundo estão melhor.

Salmo 73


- “Quem esse Moisés pensa que é? Só fica mandando na gente”.

Tudo que os demônios querem é que você se rebele contra as suas autoridades. O inferno é um império de violência. No Egito, eles obedeciam pela lei da violência.
O Reino de Deus é de amor.
Lúcifer se rebelou e assim se tornou Satanás.
Quando Satanás consegue infiltrar rebeldia em um coração, corrompeu essa pessoa e ela está correndo risco de morrer.
Algumas pessoas consideram a feitiçaria um pecado terrível, o que é verdade. Porém, o pecado de rebeldia é tão terrível quanto o de feitiçaria.

Pois a rebeldia é como o pecado da feitiçaria. 1Samuel 15:23.

Para que a rebeldia de uma pessoa venha a se tornar uma rebelião, geralmente ela passa por um caminho muito sutil… Vejamos este texto.

Seis coisas o Senhor aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos. Provérbios 6:16-19 ARA.

No deserto, o inimigo tenta levantar fofoqueiros (espírito de Absalão) para sutilmente minar o povo um contra os outros. Para roubar a fé de uns nos outros. Para desacreditar a liderança.

Preste atenção!

Saia de perto de pessoas assim. Pois se elas não se arrependerem, serão consumidas pela ira do Senhor e quem estiver perto delas também! Seu ouvido não é penico!

No acampamento tiveram inveja de Moisés e de Arão, daquele que fora consagrado ao Senhor. A terra abriu-se, engoliu Data e sepultou o grupo de Abirão; fogo surgiu entre os seus seguidores; as chamas consumiram os ímpios. Salmos 106:16-18.

Corá, filho de Isar, neto de Coate, bisneto de Levi, reuniu Datã e Abirão, filhos de Eliabe, e Om, filho de Pelete, todos da tribo de Rúben [1], e eles se insurgiram contra Moisés. Com eles estavam duzentos e cinquenta israelitas [2], líderes bem conhecidos na comunidade e que haviam sido nomeados membros do concílio. Eles se ajuntaram contra Moisés e Arão, e lhes disseram: "Basta! A assembleia toda é santa, cada um deles é santo, e o Senhor está no meio deles. Então, por que vocês se colocam acima da assembleia do Senhor? " Quando ouviu isso, Moisés prostrou-se, rosto em terra. Números 16:1-4.

Então Moisés mandou chamar Datã e Abirão, filhos de Eliabe. Mas eles disseram: "Nós não iremos! Não lhe basta nos ter tirado de uma terra onde manam leite e mel [?] para [?} matar-nos no deserto? E ainda quer [?] se fazer chefe sobre nós? Além disso, você não nos levou a uma terra onde manam leite e mel, nem nos deu uma herança de campos e vinhas. Você pensa que pode cegar os olhos destes homens? Nós não iremos! " [Não querer estar perto do líder é um sinal de alerta] Números 16:12-14.

Assim que Moisés acabou de dizer tudo isso, o chão debaixo deles fendeu-se e a terra abriu a sua boca e os engoliu juntamente com suas famílias [1], com todos os seguidores de Corá [2] e com todos os seus bens. Desceram vivos à sepultura (Sheol), com tudo o que possuíam; a terra fechou-se sobre eles, e pereceram dentre a assembleia. Diante dos seus gritos, todos os israelitas ao redor fugiram, gritando: "A terra vai nos engolir também! [?] "Então veio fogo da parte do Senhor e consumiu os duzentos e cinquenta homens que ofereciam incenso. Números 16:31-35.

Eu sei como as decisões são tomadas na Fonte de Vida. Eu conheço os líderes. E posso te garantir uma coisa: Tudo é feito buscando direção de Deus e base na Palavra. Sempre, sempre estamos buscando ajudar cada ovelha a viver no centro da vontade de Deus, a ser um Cristão Vitorioso e desfrutar de tudo que Deus tem para ele!
E quando erramos, voltamos atrás e corrigimos o erro.
Nós líderes, somos apenas servos seus, ajudando vocês a viverem no centro da vontade de Deus!


- “Entrar na terra? Impossível!”
Como falamos no culto passado, tudo que ele quer é roubar a sua fé!

Mas os homens que tinham ido com ele disseram: "Não podemos atacar aquele povo; é mais forte do que nós". E espalharam entre os israelitas um relatório negativo acerca daquela terra. Disseram: "A terra para a qual fomos em missão de reconhecimento devora os que nela vivem. Todos os que vimos são de grande estatura. Vimos também os gigantes, os descendentes de Enaque, diante de quem parecíamos gafanhotos, a nós e a eles". Números 13:31-33.

Eles estavam com a mente negativa e dividida: Voltar para o Egito como escravos, morrer no deserto ou ser morto pelos cananeus.

Existem pessoas que pensam em voltar para o mundo! Porém lá eram escravas do pecado condenadas ao inferno!

Outros, não voltam e nem avançam. Ficam paradas no meio do caminho, vivendo um meio cristianismo sem nunca desfrutar da maravilhosa vida Cristã vitoriosa.

São cristãos mornos. São meio felizes, meio satisfeitos, meio abençoados, meio sofredores…

Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar. Apocalipse 2:5.

Os Efésios eram muito bons em muitas áreas. Eram pessoas convertidas. Porém, empacaram no meio do caminho. Caíram do primeiro amor ao Senhor. E como Jesus identificou isso? Eles não praticavam mais as mesmas obras de antes.
Observe a sua vida: Em algum momento você já serviu ao Senhor com mais afinco do que hoje? Se a resposta for sim, então você caiu do primeiro amor. ARREPENDA-SE antes que seja tarde demais! Não estou falando em questões que tangem idade e saúde. Estou falando da motivação do coração. Do impetuoso desejo de servir ao Senhor com tudo que somos e temos! Se você não está mais tão empenhado e comprometido como um dia foi, caiu do primeiro amor e precisa chorar por isso hoje, arrependido e decidido a mudar.


- “Vamos entrar por conta própria”.

Na madrugada seguinte subiram para o alto da região montanhosa, e disseram: "Subiremos ao lugar que o Senhor prometeu, pois cometemos pecado". Moisés, porém, disse: "Por que vocês estão desobedecendo à ordem do Senhor? Isso não terá sucesso! Não subam, porque o Senhor não está com vocês. Vocês serão derrotados pelos inimigos, pois os amalequitas e os cananeus os enfrentarão ali, e vocês cairão à espada. Visto que deixaram de seguir ao Senhor, ele não estará com vocês". Apesar disso, eles subiram desafiadoramente ao alto da região montanhosa, mas nem Moisés nem a arca da aliança do Senhor saíram do acampamento. Então os amalequitas e os cananeus que lá viviam desceram e os derrotaram e os perseguiram até Hormá. Números 14:40-45.

O pecado do povo já havia chegado ao seu limite. A sentença já havia sido pronunciada. O mesmo Deus que antes os prometeu Canaã e fez tantos sinais e maravilhas; agora, por conta dos muitos e muitos pecados havia sentenciado que apenas Josué e Calebe entrariam na terra prometida.

Porém, um grupo decide ir por conta própria.

Não queira andar por conta própria. A bênção de Deus não está no isolamento.

Esse negócio e cristão sem igreja não existe. Jesus tem uma noiva e é fiel a ela.

O povo de Deus é um corpo. Estamos ligados uns nos outros.

Dentro da arca de Noé, talvez as relações não fossem das mais fáceis. Sogro, genros, filhos, pais… Além disso todo tipo de bicho fazendo coco. Muito trabalho a se fazer. Porém, ali era o único lugar onde eles poderiam viver.

A estratégia do inimigo continua. Isolar para abater.


- “Eia, subamos e conquistemos”.

Josué e Calebe eram diferentes.

A ira do Senhor se acendeu naquele dia, e ele fez este juramento: ‘Como não me seguiram de coração íntegro, nenhum dos homens de vinte anos para cima que saíram do Egito verá a terra que prometi sob juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, com exceção de Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, seguiram ao Senhor com integridade de coração’. A ira do Senhor acendeu-se contra Israel, e ele os fez andar errantes no deserto durante quarenta anos, até que passou toda a geração daqueles que lhe tinham desagradado com seu mau procedimento. Números 32:10-13.

Josué e Calebe, mesmo depois de terem feito tudo certo; acompanharam a ‘igreja’ por 40 anos no deserto. Mesmo sabendo que a culpa não era deles. Se mantiveram leais a Moisés e caminharam com o ‘corpo’.

E não deixaram que as tribulações, murmurações, fofocas, privações, desafios… Não deixaram que o calor, a areia… Nada tirou seus olhos do foco! Nem mesmo o tempo! 45 anos depois de Deus sentenciar que eles eram justos e entrariam na terra; eles ainda mantinham o mesmo coração!

Os homens de Judá vieram a Josué em Gilgal, e Calebe, filho do quenezeu Jefoné, lhe disse: "Você sabe o que o Senhor disse a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia, sobre mim e sobre você. Josué 14:6.

Calebe era um homem reto de coração. Ele nem mesmo se entristeceu que um ‘irmão’ agora era ‘pai’. Ele entendeu o propósito do Senhor.

Calebe fala: “Você sabe o que o Senhor disse”. Ah essa frase!

Josué e Calebe passaram por tudo e venceram! E o melhor de tudo não era Canaã que conquistariam, era o céu que os aguardava!

"Pois bem, o Senhor manteve-me vivo, como prometeu. E foi há quarenta e cinco anos que ele disse isso a Moisés, quando Israel caminhava pelo deserto. Por isso aqui estou hoje, com oitenta e cinco anos de idade! Ainda estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; tenho agora tanto vigor para ir à guerra como naquela época. Dê-me, pois, a região montanhosa que naquela ocasião o Senhor me prometeu. Na época, você ficou sabendo que os enaquins lá viviam com suas cidades grandes e fortificadas; mas, se o Senhor estiver comigo, eu os expulsarei de lá, como ele prometeu". Josué 14:10-12.

Calebe reconheceu a fidelidade do Senhor em cumprir as suas promessas.
Contou os dias, os meses e os anos para ver a sua promessa se cumprir!

A fé de Calebe manteve seu corpo e sua mente saudáveis e vigorosos! Ele tinha uma promessa. Ele foi fiel ao Senhor em tudo. Os princípios espirituais que Calebe honrou, governaram sobre as leis da natureza e não permitiram o envelhecimento de Calebe. Ele não poderia morrer, ele não poderia perder o vigor, pois Deus zela por cumprir as suas promessas!

Calebe era um guri de 85 anos!
Ele perseverou durante 45 anos!

Josué e Calebe escolherem viver pela fé e não pelo que se vê.

Escolha hoje, viver pela fé e não pelo que se vê.

Sim, teremos uma vida Cristã Vitoriosa; Porém, Canaã é só o começo!

A verdadeira recompensa está em morar para sempre com Jesus na Nova Jerusalém!


Ministração

- Arrependimento pela incredulidade.
- Arrependimento por murmurar nos desertos.
- Arrependimento pela rebeldia.
- Arrependimento pela fofoca (passiva / ativa).
- Desejo de desfrutar da vida Cristã Vitoriosa (100%).

- Restaurar o primeiro amor.
- Voltar as primeiras obras.

- // -




Regras para a construção do tabernáculo. Por muito tempo, o povo no deserto viveu em função do tabernáculo e da implantação das leis. Era regras e regras, leis e leis. E o que dizer da construção do tabernáculo? Medidas e mais medidas, obras e mais obras.

Existe um preço a ser pago por ser o povo de Deus. Precisamos viver em função dele. Não viver em função dele é viver em função de nós mesmos. Ou seja, é idolatria.

Jesus deixou bem claro que quem quisesse segui-lo precisaria abrir mão de tudo.

Jesus dizia a todos: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me.
Pois quem quiser salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a vida por minha causa, este a salvará.
Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se ou destruir a si mesmo?
Lucas 9:23-25



Os cristãos morto-vivos – O potencial dos Cristãos!

Vivei de modo digno do evangelho.
Exercei a vossa cidadania.

Meio crente?

Tuas obras denunciam se está ou não no primeiro amor. Não está? Comece a fazer e voltará!

Conheço as suas obras, o seu trabalho árduo e a sua perseverança. Sei que você não pode tolerar homens maus, que pôs à prova os que dizem ser apóstolos mas não são, e descobriu que eles eram impostores.
Você tem perseverado e suportado sofrimentos por causa do meu nome, e não tem desfalecido.
Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor.
Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar.
Apocalipse 2:2-5

A Igreja de Éfeso tinha capacidade para discernir a palavra e reconhecer falsos mestres. Ela não cairia nessas bobagens de alguns pregadores da TV que ficam vendendo amuletos.

Era uma Igreja que perseverava em meio as tribulações; porém, no sentido de não desviar-se.

Em algum lugar, ela perdeu aquele brilho nos olhos. Tornou-se apenas um cristianismo de manutenção. E como Jesus sabia que eles haviam esfriado? Porque já não faziam mais como antes.

Qual era o remédio? Simples, voltar a fazer! A fé sempre faz!


PERSEVERANÇA! Perseverar em ter fé!

Livro Cho: Deus nos põe a prova. Não os levou direto do Egito para Canaã. Precisava prová-los no deserto. No deserto, muitos perdem a fé. Param de enxergar a promessa e começam a fixas os olhos na sequidão ao redor; nos gigantes ou nas muralhas.

Quem sai do Egito (conversão); passa pelo mar vermelho (sangue de Jesus / batismo nas águas); mantém a fé viva em meio ao deserto (provações) com certeza vai entrar em Canaã (vida Cristã Vitoriosa).

Pedro andou sobre as águas enquanto fixou sua fé em Jesus. Quando acreditou na ‘realidade’ ele afundou. Afinal, um homem não pode andar sobre as águas não é memso? Ainda mais em um mar revolto.

Será que é possível prosperar em meio a crise? Será que é possível ganhar muitas vidas para Jesus em tempos como estes? Será que jovens vão largar o mundo por causa de Jesus?

Se olharmos par ao mar revolto, não andaremos sobre as águas. Se olharmos para Jesus, creremos que tudo é possível e romperemos os limites da normalidade!

Existe um preço a ser pago por ser o povo de Deus. Precisamos viver em função dele. Não viver em função dele é viver em função de nós mesmos. Ou seja, é idolatria.

Jesus deixou bem claro que quem quisesse segui-lo precisaria abrir mão de tudo.

Existem níveis de conquista de Canaã.

Viver o centro da vontade de Deus está muito longe de ser uma “vida normal”

Para onde estamos indo? Para onde a IFV Cristal, RS, está indo? Para uma vida no centro da vontade de Deus.

Se você realmente está disposto a viver no centro da vontade de Deus, deixe-me lhe dizer como é isso: SE ESTIVER BEM, ELE VAI PODAR. SE ESTIVER MAU, ELE VAI CORTAR.

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. João 15:1,2.

Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido. Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. João 15:7,8.

Existem uma condicional para ser atendido em tudo o que pedir. É necessário permanecer no centro da vontade de Jesus e obedecer a sua Palavra produzindo mutos frutos!

Interessante isso. Como Deus é glorificado? Quando damos “glória a Deus”? Quando cantamos?
- Quando frutificamos. E fica claro no seguir do versículo que está falando de discipulado.

Fazer discípulos não é uma diretriz da Fonte de Vida. Discipular não é uma doutrina da Fonte de Vida. É uma ordem de Jesus Cristo. Eu apenas peço que vocês sejam discipulados e façam discipulos porque meu dever é lhes esclarecer o que Jesus mandou. Ensinar vocês o que ELE quer de vocês. Não importa em qual denominação a pessoa esteja ou em qual país ela more. Se a Bíblia for pregada, lá vai estar escrito que devemos fazer (ganhar) discípulos (consolidar) e ensiná-los (treinar) para que também possam fazer o mesmo (enviar).

Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço. João 15:10.


0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...