O privilégio de ser mãe

Quando pensamos em mãe, o que nos vem a mente? Normalmente, aquela figura de amor, de carinho… Aquela pessoa cheia de bondade disposta a abrir mão de tudo.




E de quem a mãe herdou todo esse amor? De Deus. E de uma forma ainda mais especial: Do Espírito Santo. Não estou chamando o Espírito Santo de mãe. Ele veio primeiro. Estou dizendo que as mães o imitam. O Espírito Santo é nosso Consolador, nosso Animador; o Encorajador.

Em uma casa, geralmente a mãe é a defensora dos assuntos internos e o pai o ministro das relações exteriores. A mãe ensina amor, misericórdia, graça, perdão. O pai ensina as consequências, a lei da semeadura e da colheita. Se dizemos que o pai é o guerreiro que tese o arco e dá direção a flecha, com certeza a mãe é um poderoso instrumento para preparar essa flecha. Para lapidá-la e deixá-la no ponto está a mamãe.

A minha mãe é do tipo que nunca duvidou de mim. Quando conto um projeto para meus pais, meu pai procura analisar a viabilidade. Se aquilo é possível e como posso fazer para chegar lá. Ou simplesmente não dá bola ate ver que realmente estou empenhado. Já a minha mãe, de cara acredita que aquilo já é um fato consumado. Acho que se eu chegar hoje para minha e disser que vou para a lua ela vai dizer: “Ai filho, toma cuidado. Leva roupa e comida”. Já meu pai diria “ahan” e continuaria no seu assunto kkkkk.

Então existe no coração das mães uma fé inata. Uma capacidade de doar-se por amor. Qual a mãe que nunca deixou de comprar algo para si para dar aos filhos? Tem até aquelas mães que dizem “pode pegar mais um pedaço filho, eu não estou com fome”. Ah, estava com fome sim!
Paixão é uma capacidade de sofrer por algo ou alguém que se ama. Ser mãe é viver apaixonada. Qual a mãe que não se aflige por seus filhos?

Katharina Von Bora.
Abandonada pelo pai aos 5 anos no convento. Os ensinamentos de Lutero sobre a salvação pela fé em Jesus acabaram chegando ao conhecimento dela que juntamente com outras 11 irmãs fugiram do convento na carruagem de um mercador; dentro de barris de peixes vazios. Lutero arranjou casamento para todas elas. Exceto uma conseguiu se casar: Katie! Primeiro, a família do candidato não aceitou. Depois, ela não quis os novos pretendentes. Por fim, acabou intimando Lutero: “Só caso se for com o senhor”. Lutero no começo não cogitou aceitar, afinal, além de tudo ele estava com 42 anos e ela com 25. Porém, depois de conversar com seu pai, Martin acabou aceitando.
Tiveram 6 filhos e adotaram outros 6 de famílias pobres. Além disso ela administrava tudo para Lutero. Desde as finanças do casal, passando por aquisições de propriedades e chegando até nas negociações para as publicações de livros. Inclusive, a famosa ‘rosa de Lutero’ foi criada e bordada por Katie. Além de tudo isso ela cozinhava diariamente para umas 50 pessoas, pois muitos alunos moravam com Lutero. Não bastasse isso ainda cuidava dos animais, da horta e tinha um TSD profundo, sabendo inclusive ler.
Lutero: “Minha querida Kate me mantém jovem, e em boa forma também… Sem ela, eu ficaria totalmente perdido. Ela aceita de bom grado minhas viagens e quando volto, está sempre me aguardando com alegria. Cuida de mim nas minhas depressões e suporta meus acessos de cólera. Ela me ajuda em meu trabalho, e acima de tudo, ama a Cristo. Depois Dele, ela é o maior presente que Deus já me deu nesta vida. Se algum dia, vierem a escrever a história de tudo o que já tem acontecido (a Reforma), espero que o nome dela apareça junto ao meu. Eu oro por isso…”.

Ao tomar conhecimento dessa declaração, Katharina respondeu:Tudo o que tenho feito se resume a simplesmente duas coisas: ser esposa e mãe, e tenho certeza que uma das mais felizes de toda a Alemanha!”.

O testemunho da vida familiar dos Lutero influenciou todas as famílias alemãs por séculos!

Suzana Wesley

Mãe de 19 filhos. Entre eles Charles e John Wesley. TSD diária de 2h, sendo 1h na madrugada.

Ninguém pode seguir o meu método, se não renunciar o mundo no sentido mais literal. Há poucos, se houver que devotariam cerca de vinte anos do primor de sua vida na esperança de salvar as almas dos seus filhos.”

SER MÃE – PR. WAGNER ENKE


EXEMPLO – MARIA

PRIVILÉGIOS:

- Lc 1.28 – MOTIVO DE GRANDE ALEGRIA

- Lc 1.30 – ACHAR GRAÇA DIANTE DO SENHOR – PRESENTE DADO POR DEUS – Lc 1.46-49


RESPONSABILIDADES:

- Lc 2.19 e Lc 2.51 – GUARDAVA NO CORAÇÃO – REFLETIR, MEDITAR E TENTAR ENTENDER O PROPÓSITO QUE O SENHOR TEM COM O SEU FILHO – ORAR POR ELES PARA QUE CRESÇAM FAZENDO A VONTADE DO SENHOR

- Lc 2.48 – SE AFLIGIR, SE PREOCUPAR E AJUDAR OS FILHOS A ANDAREM NOS PROPÓSITOS DOS SENHOR

- Lc 8.19-21 – SE PREPARAREM, POIS NÃO CRIAM OS FILHOS PARA SI MESMAS, MAS UM DIA ELES VÃO EMBORA

- Jo 19.25-27 – SE PREPARAR PARA OS MOMENTOS DIFÍCEIS


GRANDE AMOR:

- I RS 3.16-28 – ESTAR PRONTA PARA PERDER POR CAUSA DO AMOR QUE TEM

 

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...