5 Ministérios: Tudo a ver com você!

Talvez você já tenha parado para pensar: 'Por que sou desse jeito'? Existem características em teu ser que estão intimamente relacionadas com o propósito de Deus para tua vida. Descubra nesta mensagem qual o teu dom ministerial e como você deve proceder para exercê-lo ao ponto que o Senhor tem para ti.

Baixar mp3: MediaFire 4shared


Esboço (NÃO CONCLUÍDO, NÃO REVISADO):

Efésios 4:11. Ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, e até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.

É bem comum nos ouvirmos falar de ministrações sobre os temperamentos: Colérico, sanguíneo, melancólico e fleumático. Porém estes termos não aparecem na Bíblia. Podem ser utilizados como complementares.
Entretanto, muito bíblicos mas nem sempre tão divulgados são os 5 ministérios. Conhecidos também como 'dons do Filhos', os ministérios são padrões onde cada um de nós se encaixa com as habilidades, motivações e capacitações concedidas pelo Senhor.

Primeiramente quero salientar que ao conceder um dom ministerial, Deus não diminuiu a pessoa em algumas áreas, antes a acrescentou em outras o que dá a impressão de que cada ministério traz uma debilidade consigo. Entretanto, fato é que cada ministério possui atributos em que a pessoa que o possui é divinamente acrescida.
Vamos supor que Deus tenha criado todos nota 5 em cada área de sua vida. Porém o mestre recebeu 3 pontos a mais na área de ensino gratuitamente. Já o pastor recebeu os mesmos 3 pontos na área de amar os irmãos convertidos e o evangelista na área buscar os perdidos... Logo, fica muito evidente a importância do pastor aprender com os 3 pontos de amor ao perdido do evangelista e este por sua vez aprender com os 3 pontos do pastor a amar mais os irmãos. Esmiuçaremos mais a frente.

Mestre: O mestre se apresenta como uma pessoa perfeccionista. Atento aos detalhes, gosta das coisas bem feitas e organizadas. Coisas de última hora normalmente assustam o mestre. Possui uma facilidade muito grande para colocar o conhecimento dentro da cabeça das pessoas. O que pode ser um perigo caso o mestre não esteja corretamente instruído.
Muitas vezes apresenta uma personalidade colérica. Precisa tomar cuidado para não agir sem misericórdia e paciência. Se não edificado, tem dificuldades para agir em conjunto com o evangelista. Quando tratado, geralmente se sai um grande pregador do evangelho; todavia se não, traz palavras muito extensas e difíceis de se entender.
Precisa vigiar para não se tornar orgulhoso, dono da verdade e também para não falar demais. Aliás esta é uma área que precisa estar muito atento. Como gosta de falar!
É muito importante na fase de consolidação de uma Igreja local. Pois capacitará os irmãos com conhecimento a nível médio e profundo, auxiliará na formação de obreiros e juntamente com o apóstolo em materiais doutrinários.
Dons que normalmente acompanham o mestre: Palavra de sabedoria,
Dons complementares:

Pastor: Nem todos que são chamados de 'pastor' de fato são. O pastor possui como características marcantes a sua incrível capacidade de olhar para dentro da Igreja e perceber as necessidades de cada irmão. Possui características sanguíneo-melancólicas, importando-se muito com a segurança do rebanho.
Precisa vigiar para não ser muito 'mole' e permissivo. Pois às vezes não querendo machucar ninguém acaba deixando de corrigir. Quando tratado, seu trabalho em conjunto com o evangelista é fantástico, funcionando um como rede e o outro como barco. Representado pelo dedo da aliança ajuda cada santo a chegar a um compromisso maior com o Senhor, com os irmãos e com a igreja local. É um conciliador, um pacificar, um consolador, bom amigo e dócil. Dificilmente arranja inimigos e trabalha pela unidade. É um poço de amor e carinho. Faz as pessoas ao redor se sentirem bem, amadas e valorizadas.
Necessita crescer da ajuda do evangelista para aprender a olhar 'para fora', do profeta para olhar 'para cima' e do mestre para olhar 'mais profundo'. Além do apóstolo para ajudá-lo a ser mais veloz!
Dons extraordinários que normalmente acompanham o pastor:
Dons complementares que normalmente acompanham o pastor: Misericórdia, hospitalidade.

Evangelista: Ele é rápido, não tem tempo para perder. 'Olha para fora', para o além dos limites que a igreja tem atingido. Precisa tomar cuidado para não faltar com amor com os irmãos 'de mais tempo', afinal respira evangelismo e ver alguém parado o incomoda.
Não podemos deixar um evangelista desocupado! Eles são como atores de filmes de ação, precisam de correria, eventos, adrenalina no sangue! Em cada praça enxergam um palanque, em cada conversa a oportunidade para um apelo.
Precisa vigiar para não ser governado por sua emoções, pois normalmente ele é só coração. Ufa! Até para escrever sobre um evangelista é cansativo pois seu ritmo é frenético! Infelizmente alguns não tratados se irritam com os mestres, acham que suas 'teologias' são perca de tempo. Ou ainda com os pastores, acusando-os de não terem misericórdia dos perdidos. Precisam do apóstolo para ditar o ritmo correto.
Dons que normalmente acompanham o evangelista: Sinais (fogo), curas, milagres (multiplicação dos pães), palavra de conhecimento (revelação).
Dons complementares que normalmente acompanham o pastor: Socorros.

Profeta: Não confunda o ministério de profeta com o dom de profecia. Nem toda pessoa que tem o dom possui também o ministério. O profeta olha 'para cima'. Seu foto é a ligação vertical. Ajuda a igreja a ter uma visão divina de sua missão. Sua percepção espiritual é aguçada.
Dons extraordinários: Discernimento de espíritos, profecia, línguas, interpretação de línguas, dom da fé.


Apóstolo: É um organizador, um formador de equipes. Com tendência ao pragmatismo, a igrejas às vezes lhe parece uma máquina onde cada peça precisa estar muito bem ajustada e cumprindo seu papel ininterruptamente. Precisa de um pastor ao seu lado, auxiliando-o a enxergar cada pessoa como um indivíduo especial e emocional. Suas habilidades de caça talentos são aguçadas. Encontra, prepara e põe cada cristão no seu devido lugar.
Estabelece as doutrinas básicas e juntamente com o mestre a teologia sistemática da igreja.
Encontra, edifica e envia os outros 4 ministérios pois possui habilidades básicas de cada um deles.
Olha para 'mais além'. Com uma facilidade sobrenatural de começar as coisas está sempre pensando em fundar novas células e congregações. Com a ajuda de um profeta, aprenderá a esperar o tempo certo de focar 'aqui' e 'lá'.


0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...