O Deus de Moisés


Moisés descobriu algo a respeito de Deus que poucas pessoas tem descoberto. Ele encontrou em Deus um amigo! O melhor amigo! Descubra você também como se relacionar com esse único e verdadeiro Deus que se faz próximo dos seres humanos e ama conversar e se manifestar na vida deles! Ouça e leia esta ministração, depois aplique estes princípios em sua vida e você nunca mais será o mesmo!

Baixar mp3: 4shared MediaFire

[Esboço].
Números 1:1 NVI: O Senhor falou a Moisés na Tenda do Encontro, no deserto do Sinai, no primeiro dia do segundo mês do segundo ano, depois que os israelitas saíram do Egito. Ele disse:

Números 1:1 ARA: No segundo ano após a saída dos filhos de Israel do Egito, no primeiro dia do segundo mês, falou o Senhor a Moisés, no deserto do Sinai, na tenta da congregação, dizendo:

Hoje quero refletir com os amados a respeito do 'Deus de Moisés'. Se prepare, será impactante! Não se assuste se algumas vezes eu me referir a Moisés como a alguém vivo e outras como a alguém morto. É que de fato Moisés já morreu, não está mais entre nós e não temos acesso a ele. Porém sabemos também que já ressuscitou pois o arcanjo Miguel buscou o seu corpo quando Lúcifer tentava roubá-lo e posteriormente Moisés apareceu ressurreto a Jesus.

O Senhor.
Este nome é o nome próprio Deus. Os judeus acreditavam que este nome não poderia ser pronunciado nem escrito tamanha sua santidade e sacralidade. Então utilizavam de quatro letras para descrevê-lo, o chamado tetragrama sagrado que em português é representado pelas letras YHWH. Alguns grupos da língua portuguesa também se utilizam da expressão D_us.
Felizmente temos em Jesus Cristo a liberação para chamarmos Deus de 'Papaizinho' quanto mais então de chamá-lo pelo nome, que em português tem sido Javé ou Jeová ou ainda como a maioria das Bíblias utiliza 'O Senhor'.

Esse Senhor todo poderoso, de quem as pessoas tinham mais medo do que temor falou com Moisés. E digo mais medo do que temor porque quando Moisés subiu ao monte para receber os 10 mandamentos o povo ficou com medo de chegar perto do monte, porém não demorou muito fez um bezerro de ouro. Isso não é um temor reverente que nos aproxima honrosamente de Deus, isso é um medo covarde que leva a agir na surdina, nas beiras e cantos escuros onde supostamente Deus não 'mexeria'.

Falou.
Logo em seguida vemos que com Moisés a questão era outra. Moisés tinha um temor reverente diante do Senhor ao ponto de que entre tantas pessoas, mais de 2 milhões, era através de Moisés que o Senhor poderia se revelar! O Senhor falava a Moisés!

Êxodo 33:11: O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com seu amigo. Depois Moisés voltava ao acampamento; mas Josué, filho de Num, que lhe servia como auxiliar, não se afastava da tenda.

Como a palavra diz que ninguém viu o rosto do Senhor, tudo indica que o próprio Jesus descia à terra para conversar com Moisés. Ele ouvia Deus e falava para o povo o desejo e as ordens do Senhor. Você realmente acha que a perfeita vontade de Deus era que apenas Moisés falasse com Deus? Com certeza não. Afinal ele colocou Adão no jardim e na viração do dia conversava com Ele. O Senhor quer se relacionar conosco.
Aqui mesmo, o que vê entre você e eu? Nada? Sabe o que eu vejo? Nada! Porém, se eu pegar um celular aqui posso discar para quem eu quiser! Mas você não vê as ondas do sinal de celular! Se pegarmos um rádio, podemos ouvir várias estações de rádio. Todavia nenhuma destas rádios está visível a seus olhos! E ainda se trouxermos aqui um especialista, com o mesmo rádio comum ele pode captar o sinal de rádios estrangeiras do outro lado do oceano com apenas alguns ajustes! E você vê estas ondas? Não, não e não!
Moisés era um rádio sintonizado na frequência de Deus. Ou ainda, Moisés era um televisor 7D sintonizado no Senhor pois podia vê-lo face a face, ao tremor dos montes, estalar dos raios e dedo de Deus nas tábuas de pedra!
Ei me escute! Deus está falando! Passarão os céus e a terra mas as palavras do Senhor não passarão! Segundo o Pr. Dr. David Youngi Cho, pesquisadores sérios tem trabalhado na hipótese de existir a 'camada etérea' e segundo eles se conseguirmos entrar/decodificar esta camada poderemos ouvir todas as palavras já ditas na terra desde o princípio.
Porém eu não posso sintonizar o rádio em duas estações ao mesmo tempo. Mesmo que conseguisse não existiria proveito nisso, pois ambas seriam ininteligíveis. O mesmo se dá para a televisão. Até mesmo aquelas onde é possível visualizar dois canais, um deles precisa estar sem áudio. Verdade é que você só pode estar em uma sintonia. Pergunte para a pessoa ao seu lado: Você está sintonizado no Senhor? Se você sintonizar no mundo não irá ouvir a voz de Deus! Se você sintonizar na carne, não ouvirá a voz de Deus!
No que você está sintonizado? O que você coloca diante dos seus olhos? Quais os programas de televisão que você sintoniza? Quais as músicas que você escuta? No que você coloca teus pensamentos? Como aprendemos no culto passado 'coloquem o seu pensamento nas coisas que são do alto e não nas que são terrenas'.

Você já deve ter percebido que as antenas parabólicas oferecem uma qualidade de sinal e variedade de programação maiores que as antenas comuns. Porém, se você conectar uma antena parabólica diretamente no televisor obterá nenhum sinal ou raramente alguns canais com péssima qualidade. O que acontece? O sinal está chegando porém não existe decodificação. As informações estão sendo captadas porém não há como interpretá-las! Infelizmente muitos cristãos estão assim. Estão buscando ouvir a voz de Deus, oram, clamam, jejuam, vão aos cultos e as vigílias. Querem o fogo e a glória. Mas é tudo tão confuso e conturbado. Que se passa? São parabólicas, estão focadas na direção certa, porém está faltando o aparelho decodificador! E o aparelhinho é este que seguro em minha mão: A Bíblia!
Não há revelação divina que fuja do que está revelado aqui! Deus em sua perfeição criou esta biblioteca (é isto que significa a palavra Bíblia) e nela colocou princípios sobre todas as situações e circunstancias possíveis na existência de um homem. Creio que existem muitos profetas, glórias a Deus por isso. Quero inclusive contar um pouco de minha própria experiência neste sentido. Já recebi palavras proféticas que continham a revelação de Deus misturada com a carne do profeta e também já recebi palavras de Deus que interpretei segundo a minha carne e não de acordo com a Palavra. Isso é um perigo!
Você precisa conhecer a escritura. Você precisa conhecer a Palavra de Deus! E Deus escolheu justamente o Moisés para iniciar a compilação da Bíblia.

Moisés.
Quem era este homem com quem Deus falava? Moisés era o segundo filho homem de um casal de hebreus, no tempo em que ter um filho homem que fosse não era permitido. Também tinha uma irmã mais velha chamada Miriã.
Os hebreus eram escravos dos egípcios e com medo de que se tornassem muito poderosos e se rebelassem Faraó havia ordenada que os menininhos fossem assassinados. Moisés já estava grandinho e seus pais, Anrão e Joquebede não sabiam mais como escondê-lo. Então sua mãe preparou um cesto flutuante e largou o menino nas águas do nilo. Sua irmão ia vigiando. Resumindo a história Moisés recebeu este nome da filha de Faraó, que o criou como se fosse seu próprio filho. Até os 40 anos cresceu como príncipe do Egito, vendo seu povo de sangue padecer nas mãos dos feitores. Isso o indignou e num momento de descontrole assassinou um dos capatazes. Precisou fugir para o deserto. Lá casou-se e pastoreou as ovelhas de seu sogro Jetro (Reuel) por 40 anos. Aos 80 anos de idade, o Senhor esclareceu-lhe que o rio e as ovelhas, na verdade tinham tudo a ver com sua missão: Libertar os descendentes de Israel (Jacó) do Egito. Então ele foi, manifestou o poder de Deus através de 10 pragas que atingiram o Egito. Celebrou a páscoa onde um cordeiro era morto para salvar cada família (simbolizando Jesus, aquele que salva as famílias) e passou o mar vermelho a seco. Este Moisés subiu o monte fumegante, o Monte Sinai por duas vezes onde o Senhor lhe dera e repetira os 10 Mandamentos. Jejuou 80 (40+40) dias diante do Senhor, como que um dia para cada ano de sua idade. À sua tradição temos a revelação dos 5 primeiros livros da Bíblia, o Pentateuco. É desse Moisés que estamos falando. Não de um homem que serviu um dia ao Senhor, mas de alguém que construiu uma história com Deus e a Ele permaneceu fiel!

Tenda do Encontro/ Tenda da Congregação.
A NVI chama de Tenda do Encontro a barraca que Moisés armava fora do acampamento. A nuvem da glória do Senhor guiava o povo durante o dia no deserto. Mas quando Moisés entrava naquela tenda a coluna de nuvem se posicionava em frente a tenda. Era ali que Moisés tinha o seu encontro com Deus!
Cada pessoa corria para sua própria tenda e parado de pé em frente a ela adorava ao Senhor. Porém Josué se posicionava junto a tenda de Moisés. Sabia que o seu discipulador não era um homem comum, era um homem que falava com Deus! Diga para a pessoa ao seu lado: Meu discipulador não é uma pessoa comum! Ele fala com Deus!
A ARA chama de Tenda da Congregação. O lugar onde Deus congregava com Moisés. O lugar onde Moisés clamava em favor da congregação.
Você tem a sua tenda do encontro? Aquele lugar onde até o Josué precisa ficar de fora?
Moisés possuía uma vida de oração. Ele entendera que oração é muito mais que um ritual, é vida! Oração é um diálogo entre amigos. Eu não suporto ficar sem oração! Quando passo algum tempo sem orar, e não estou falando da oração de todo tempo, falo da oração feita na tenda do encontro, quando passo algum tempo sem essa oração, sinto algo muito estranho, um sentimento de tristeza, de medo, de ansiedade. Mas quando me apresento na tenda do encontro, tudo é diferente!
Deserto do Sinai.
Eles estavam em um deserto. Deserto é o lugar onde o pastor deixa as 99 ovelhas fiéis enquanto procura a 1 fugida. Mas este pastor é muito coerente e envia sua nuvem durante o dia e seu fogo durante a noite!
Sinai é o monte da revelação. Nenhum deserto é tão seco onde a manifestação de Deus não possa fazer sair água da Rocha. Nenhum deserto tem o sol tão escaldante que o Senhor não possa fazer chover maná e carne!
Deserto do Sinai é o lugar onde todos um dia passamos, lugar de provação porém também lugar de milagres pois o Senhor não nos deixa desamparados.

Primeiro dia, era um domingo. Segundo ano, muita coisa já tinha acontecido, mas o Senhor continuava falando! A despeito de estarem em um deserto, tinha saído do Egito! Saído da escravidão. Não importa o qual seja difícil um deserto, o que é ele perto da escravidão que você vivia?

Números 1:1 NVI: O Senhor falou a Moisés na Tenda do Encontro, no deserto do Sinai, no primeiro dia do segundo mês do segundo ano, depois que os israelitas saíram do Egito. Ele disse:

Vivendo no terceiro dia

   Jesus já ressuscitou! Aproprie-se deste novo tempo sobre sua vida! Você que está em Cristo é uma nova criatura! Comece a enxergar a si mesmo e aos outros como santos de Deus e agir desta maneira! Desfrute da realidade maravilho de viver pós terceiro dia!

Baixar mp3: MediaFire 4shared

Não abandone o primeiro amor TADEL 22.04.14

Mensagem simples e objetiva que trabalha de forma preventiva a importância de não abandonarmos o primeiro amor pelo Senhor.

Baixar mp3: MediaFire 4shared

5 Ministérios: Tudo a ver com você!

Talvez você já tenha parado para pensar: 'Por que sou desse jeito'? Existem características em teu ser que estão intimamente relacionadas com o propósito de Deus para tua vida. Descubra nesta mensagem qual o teu dom ministerial e como você deve proceder para exercê-lo ao ponto que o Senhor tem para ti.

Baixar mp3: MediaFire 4shared


Esboço (NÃO CONCLUÍDO, NÃO REVISADO):

Efésios 4:11. Ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, e até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.

É bem comum nos ouvirmos falar de ministrações sobre os temperamentos: Colérico, sanguíneo, melancólico e fleumático. Porém estes termos não aparecem na Bíblia. Podem ser utilizados como complementares.
Entretanto, muito bíblicos mas nem sempre tão divulgados são os 5 ministérios. Conhecidos também como 'dons do Filhos', os ministérios são padrões onde cada um de nós se encaixa com as habilidades, motivações e capacitações concedidas pelo Senhor.

Primeiramente quero salientar que ao conceder um dom ministerial, Deus não diminuiu a pessoa em algumas áreas, antes a acrescentou em outras o que dá a impressão de que cada ministério traz uma debilidade consigo. Entretanto, fato é que cada ministério possui atributos em que a pessoa que o possui é divinamente acrescida.
Vamos supor que Deus tenha criado todos nota 5 em cada área de sua vida. Porém o mestre recebeu 3 pontos a mais na área de ensino gratuitamente. Já o pastor recebeu os mesmos 3 pontos na área de amar os irmãos convertidos e o evangelista na área buscar os perdidos... Logo, fica muito evidente a importância do pastor aprender com os 3 pontos de amor ao perdido do evangelista e este por sua vez aprender com os 3 pontos do pastor a amar mais os irmãos. Esmiuçaremos mais a frente.

Mestre: O mestre se apresenta como uma pessoa perfeccionista. Atento aos detalhes, gosta das coisas bem feitas e organizadas. Coisas de última hora normalmente assustam o mestre. Possui uma facilidade muito grande para colocar o conhecimento dentro da cabeça das pessoas. O que pode ser um perigo caso o mestre não esteja corretamente instruído.
Muitas vezes apresenta uma personalidade colérica. Precisa tomar cuidado para não agir sem misericórdia e paciência. Se não edificado, tem dificuldades para agir em conjunto com o evangelista. Quando tratado, geralmente se sai um grande pregador do evangelho; todavia se não, traz palavras muito extensas e difíceis de se entender.
Precisa vigiar para não se tornar orgulhoso, dono da verdade e também para não falar demais. Aliás esta é uma área que precisa estar muito atento. Como gosta de falar!
É muito importante na fase de consolidação de uma Igreja local. Pois capacitará os irmãos com conhecimento a nível médio e profundo, auxiliará na formação de obreiros e juntamente com o apóstolo em materiais doutrinários.
Dons que normalmente acompanham o mestre: Palavra de sabedoria,
Dons complementares:

Pastor: Nem todos que são chamados de 'pastor' de fato são. O pastor possui como características marcantes a sua incrível capacidade de olhar para dentro da Igreja e perceber as necessidades de cada irmão. Possui características sanguíneo-melancólicas, importando-se muito com a segurança do rebanho.
Precisa vigiar para não ser muito 'mole' e permissivo. Pois às vezes não querendo machucar ninguém acaba deixando de corrigir. Quando tratado, seu trabalho em conjunto com o evangelista é fantástico, funcionando um como rede e o outro como barco. Representado pelo dedo da aliança ajuda cada santo a chegar a um compromisso maior com o Senhor, com os irmãos e com a igreja local. É um conciliador, um pacificar, um consolador, bom amigo e dócil. Dificilmente arranja inimigos e trabalha pela unidade. É um poço de amor e carinho. Faz as pessoas ao redor se sentirem bem, amadas e valorizadas.
Necessita crescer da ajuda do evangelista para aprender a olhar 'para fora', do profeta para olhar 'para cima' e do mestre para olhar 'mais profundo'. Além do apóstolo para ajudá-lo a ser mais veloz!
Dons extraordinários que normalmente acompanham o pastor:
Dons complementares que normalmente acompanham o pastor: Misericórdia, hospitalidade.

Evangelista: Ele é rápido, não tem tempo para perder. 'Olha para fora', para o além dos limites que a igreja tem atingido. Precisa tomar cuidado para não faltar com amor com os irmãos 'de mais tempo', afinal respira evangelismo e ver alguém parado o incomoda.
Não podemos deixar um evangelista desocupado! Eles são como atores de filmes de ação, precisam de correria, eventos, adrenalina no sangue! Em cada praça enxergam um palanque, em cada conversa a oportunidade para um apelo.
Precisa vigiar para não ser governado por sua emoções, pois normalmente ele é só coração. Ufa! Até para escrever sobre um evangelista é cansativo pois seu ritmo é frenético! Infelizmente alguns não tratados se irritam com os mestres, acham que suas 'teologias' são perca de tempo. Ou ainda com os pastores, acusando-os de não terem misericórdia dos perdidos. Precisam do apóstolo para ditar o ritmo correto.
Dons que normalmente acompanham o evangelista: Sinais (fogo), curas, milagres (multiplicação dos pães), palavra de conhecimento (revelação).
Dons complementares que normalmente acompanham o pastor: Socorros.

Profeta: Não confunda o ministério de profeta com o dom de profecia. Nem toda pessoa que tem o dom possui também o ministério. O profeta olha 'para cima'. Seu foto é a ligação vertical. Ajuda a igreja a ter uma visão divina de sua missão. Sua percepção espiritual é aguçada.
Dons extraordinários: Discernimento de espíritos, profecia, línguas, interpretação de línguas, dom da fé.


Apóstolo: É um organizador, um formador de equipes. Com tendência ao pragmatismo, a igrejas às vezes lhe parece uma máquina onde cada peça precisa estar muito bem ajustada e cumprindo seu papel ininterruptamente. Precisa de um pastor ao seu lado, auxiliando-o a enxergar cada pessoa como um indivíduo especial e emocional. Suas habilidades de caça talentos são aguçadas. Encontra, prepara e põe cada cristão no seu devido lugar.
Estabelece as doutrinas básicas e juntamente com o mestre a teologia sistemática da igreja.
Encontra, edifica e envia os outros 4 ministérios pois possui habilidades básicas de cada um deles.
Olha para 'mais além'. Com uma facilidade sobrenatural de começar as coisas está sempre pensando em fundar novas células e congregações. Com a ajuda de um profeta, aprenderá a esperar o tempo certo de focar 'aqui' e 'lá'.


Família Cristã: A função de cada cônjuge

Quando surgiu a família? Quem a inventou e qual seu propósito de existir? Nesta ministração os pastores Sidinei e Tássia Kauer explanam biblicamente como é uma família dentro dos padrões perfeitos e agradáveis de Deus e como cada membro deve exercer sua função.

Baixar mp3: MediaFire 4shared


O poder da ressurreição

   Desfrute do poder da ressurreição em sua vida!
   Como vive alguém ressurreto? O que faz ou não parte desta nova vida?
   O que precisa ressuscitar em sua vida?
   Mensagem do culto de celebração do domingo de pascoa de 2014.

Baixar mp3: MediaFire 4shared



Aliança e votos de compromisso.

 Nesta mensagem trabalhamos a ideia de que todo cristão possui uma aliança com o Senhor. Não uma aliança em termos humanos, mas divinos. Esta aliança foi firmada mediante um voto e nos leva a necessidade de cumprirmos alguns compromissos.


 Baixar mp3: 4shared MediaFire


Esboço:
Boa noite a todos. Quero nesta noite refletir um pouco com os amados irmãos sobre ALIANÇA e VOTOS DE COMPROMISSO.

Para começar, precisamos definir um pouco melhor o que é uma aliança. Estamos acostumados em nossa sociedade pós-moderna com aliança solúveis como meros contratos. No Brasil, até já se encaminham as leis para que a 'união estável' tenha o mesmo peso do casamento civil por exemplo.

Mas precisamos entender o conceito Bíblico de aliança.

Ele é o Senhor, o nosso Deus; seus domínio alcança toda a terra. Para sempre se lembra da sua aliança, da palavra que ordenou para mil gerações”. 1 Crônicas 16:14-15 NVI

Você percebe como o conceito Bíblico de uma aliança é muito mais profundo do que estamos acostumados? Não é um mero contrato. Não é um mero acordo. A Aliança na Bíblia aparece como algo estabelecido e irrevogável.

Todavia perguntais: Por que? Porque o Senhor tem sido testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, para com a qual procedeste deslealmente sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança”. Malaquias 2:14 AR

Quantos aqui já se tornaram membros desta igreja?
Se você ainda não é membro quero convidar você a se tornar. São os membros que trabalham, são melhor cuidados, auxiliam nas decisões, tem privilégios e responsabilidades. Quinta-feira teremos nossa Assembleia Geral dos Membros onde prestaremos conta de como tem andado a Igreja. Por que esta reunião será apenas para membros? Porque os membros tem uma aliança com a Igreja local!

Se você é membro então você é parte desta Igreja local e a menos que mude de cidade ou morra, tem o compromisso ser parte dela por todos os dias de sua vida. De certa forma é Deus que escolhe de qual 'igreja' seremos e não nós. Não entendo, mas não entendo mesmo pessoas que ficam trocando de 'igreja local'. Isso mostra a fraca compreensão do que é uma aliança.

Claro que existem aqueles casos em que a igreja local está seriamente infringindo princípios bíblicos e mesmo depois de muito diálogo não há mudança. Porém mesmo assim é necessário um envio, uma palavra de bênção e/ou liberação.

Algo mais: O voto!
O voto é algo muito sério. Veja só.

Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir. Não permita que a sua boca o faça pecar. E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?”. Ec 5:4-6. NVI

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?


Você já fez uma aliança, mediante voto e deve cumprir seus compromissos!

Se você confessar com a sua boca que Jesus é o Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentro os mortos, será salvo. Rm 10:9 NVI.

Quando você confessou Jesus como teu Senhor, não estava apenas recebendo a salvação. É verdade que por Deus o pai você estava sendo adotado como filho mediante o sacrifício de Jesus e consequentemente estará se tornando irmão de Jesus. Por outro quando uma pessoa confessa 'Jesus é o Senhor' está confessando 'Ele é meu dono e eu seu escravo submisso'. Exatamente!

Por um lado temos a liberdade de filhos e direito a herança. Por outro lado temos a necessidade de submissão e obediência irrestrita de escravos.

Eramos escravos do diabo e iriamos acompanhá-lo por onde quer que ele fosse, inclusive em seu castigo eterno no inferno. Porém agora somos escravos de Jesus e iremos acompanhá-lo em tudo, inclusive na eternidade no céu!

Fato é que de um jeito ou de outro, seu estado inicial será sempre de escravo. Do diabo ou de Deus. Quem não está em Cristo é escravo de Satanás, quem entrega a vida para Jesus se torna escravo de Jesus. Quem você prefere como dono de sua vida?

Quando um homem fizer um voto ao Senhor ou um juramento que o obrigar a algum compromisso, não poderá quebrar a sua palavra, mas terá que cumprir tudo o que disse”. Nm 30:2. NVI

Ninguém te obrigou a escolher pelo melhor. Ninguém te obrigou a desistir de ser um sofredor. Foi você quem escolher seguir Jesus e se tornar um cristão vitorioso na terra e que vai morar no céu!

Faça tudo para cumprir o que os seus lábios prometeram, pois com a sua própria boca você fez, espontaneamente, o seu voto ao Senhor, ao seu Deus”. Dt 23:23. NVI

Agora você tem uma aliança, um voto que implica em cumprir compromissos e não pode revogar sua palavra.

No que isso implica?

Congregar: Característica de quem vive em família.
Servir: É a alegria do filho e o dever do escravo.
Obedecer: Obrigação comum a filhos e escravos.
Adorar: Hábito pertinente de quem tem um Deus, mais ainda um gesto, uma expressão de amor proveniente de um coração grato.
Multiplicar: Crescimento natural da família, programado e desejado pelo Pai. Crescimento desejado do número de servos, mão de obra para o serviço.

Na prática, você tem uma aliança com Jesus, contraída mediante um voto de escravidão que o tornou também filho, de modo que sobre ti repousam os compromissos (deveres) de escravo e filho simultaneamente.

Vejamos:

Congregar: Característica de quem vive em família.

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
Como servos submissos e filhos obedientes devemos congregar sem demora. Não devemos ficar dizendo 'quando chegar o verão eu vou', e depois 'quando terminar o campeonato eu vou' ou ainda 'quando mudar o horário eu vou'. Precisamos cumprir rapidamente nossos votos!

2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
Simplesmente parar de congregar é pecado! A Bíblia é muito clara sobre isso: “Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns”. Hb 10:25.
Amado irmão é muito sério. Como filho, é muito importante que você ame seus irmãos e queira junto com eles estar com o pai! Como criatura, é necessário que você preste culto ao seu Deus. Como escravo de Jesus você tem que vir querendo ou não. Por isso que eu subjugo a minha carne. Quem manda em mim é meu espírito e não minha carne!
Meu espírito é filho e como filho quer estar diante do Pai. Minha carne é escrava e como escrava precisa se dobrar querendo ou não!

3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
Não me venha com essa de 'não foi de todo coração que fiz aquela oração' ou ainda 'ah, mas eu não sabia disso'. O que você disse, precisa cumprir, independentemente de ter dito de forma irrefletida.
Mas quer saber de uma coisa? Com toda certeza congregar é muito bom!

4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?
É obvio que ninguém aqui quer provocar Deus deixando de congregar. Se isso é tão importante para o Senhor, não há porque não fazermos.

Servir: É a alegria do filho e o dever do escravo.

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
Não há desculpa para enrolarmos 300 anos antes de começarmos a servir ao Senhor Jesus. Essa de que é necessário 10 anos para ser batizado para depois mais 10 anos para servir é conversa fiada!
Você precisa servir. E como este é um exército muito bem qualificado, não pense que se qualificar é raspar o cabelo na 0. Qualificar-se é entrar em um trilho de liderança.

- Ser batizado nas águas imediatamente após a conversão!
- Congregar em uma célula.
- Congregar no culto de celebração.
- Congregar no TADEL.
- Ser discipulado um a um.
- Ser um primiciante, dizimista e ofertante fiel. (Conversa com Edgar).
- Concluir o curso fundamentos da escola ministerial: 'Aliança de Membresia; Nova Criatura; Família Cristã; Ide e Fazei Discípulos'.

Bah, mas quanta coisa”... A questão não é quanta coisa, a questão é que servir é a alegria de um filho e o dever (compromisso) de um escravo. E se para servir preciso me dedicar então vou me dedicar de todo meu coração!
Tudo o que fizerem , seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai. Cl 3:17 NVI.

2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
O Senhor é trabalhador: “Disse-lhes Jesus: Meu Pai continua trabalhando até hoje, e eu também estou trabalhando”. Jo 5:17.
Ora se o Pai e o Filho são trabalhadores, nós na unção do Espírito também precisamos ser. Filho de peixe, peixinho é! Filhos de um Deus trabalhador, trabalhadores somos! Diga para a pessoa ao seu lado: “Deus não tem filho vagabundo”! Preguiça é do diabo! Diga agora para a pessoa do outro lado: “Sai preguiça, em nome de Jesus”!
E não estou apenas falando no sentido de preguiça para trabalho no sentido de sustento financeiro. Estou aqui falando de serviço a Deus!

Como filho sua alegria deve ser Servir ao Papai! Como escravo a opção que lhe resta é servir Sorrindo!

Como um filho precisa obedecer um Pai? Imediatamente, completamente e com boa atitude!

Como um escravo deve obedecer ao Senhor? Inquestionavelmente!

Em que nível você tem servido? No nível de filho que tem prazer em obedecer o Pai ou no nível carnal de escravo que só faz porque tem que fazer?

O pior não é isso. O pior é saber que existem pessoas que se dizem cristãs e nem no nível carnal de escravos servem. “Quem não vive pra servir não serve pra viver”.

3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
Agora que você aprendeu sobre a importância de servir não adianta dizer “eu não sabia”. Agora seus lábios já proferiram tua aliança. Agora já foi queridão, pode segurar firme essa enxada! É como em um casamento, depois do sim não há mais saída!
Ou como um filho. Depois que foi concebido não há mais como negar sua existência ou voltar atrás.

4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?
Não servir é uma grave infração de nossa aliança. Não cumprir este compromisso é sair de debaixo do guarda-chuvas do Senhor e expor-se aos ataques de Satanás. Pior que isso é chamar Deus pra briga!



Obedecer: Obrigação comum a filhos e escravos.

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
A obediência nivela filhos e escravos. Tanto o filho como o escravo não possuem a opção de debater sobre as ordens do pai/dono. E se não obedecerem podem ser disciplinados.
Quando o Senhor manda, não fique inventando desculpas, não fique enrolando. Obedeça rapidamente!
Como filho, você pode ter certeza que o desejo do Pai é sempre o melhor para você. Que se ele proíbe é porque o que você queria não era bom. Se ele insiste, com certeza é o melhor.

2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
Filhos e escravos não tem direito de dizer 'não'. Uma pessoa não pode dizer que é discípula de Jesus se não o obedece.
Obedecer é algo muito elementar. Como dizem: “O alfabeto do cristão não é ABCD é OBDC”.
E para que possamos obedecer corretamente ao Senhor e Pai, precisamos conhecer profundamente Sua Palavra. Por isso insisto tanto em que estudem a Bíblia no poder do Espírito Santo, pois: “Mas o conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse” Jo 14:26.

3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
Alguns tentam se esconder atrás de 'não conheço, não sei, não entendo' para se esquivarem de obedecer a Palavra.
Irmão, essa não cola! Temos discipulado um a um, escola ministerial, TADEL, cultos, site... Não faltam oportunidades para você aprender. Além de é claro, a possibilidade de você ler, ouvir e até assistir a Bíblia.

4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?
Não queremos edificar nossa vida sobre a areia. Queremos que nossas obras estejam radicadas em bases solidas. Então é obvio que a obediência é um ingrediente chave para um vida cristã vitoriosa verdadeira.


Adorar: Hábito pertinente de quem tem um Deus, expressão de amor proveniente de um coração grato.

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
Não podemos ficar nos escondendo em dizer que não conhecemos as letras das canções. Adoração não precisa necessariamente ser música.
Dizer também que não tem o instrumento adequado também é conversa mole. O Senhor procura adoradores que o adorem 'em espírito' (Jo 4:24) e não em violão, em baixo... Se apenas consegue adorar com o instrumento próprio então você ainda não compreendeu o que é adoração. Porém por outro lado entendo que um instrumento melhor ajuda a produzir uma musicalidade melhor.
Ocorre que não estou falando de música. Nem todos serão músicos. Estou falando de adoração. E adoração é algo do seu espírito para o Espírito de Deus.

2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
Como criatura adotada é um prazer puro expressar adoração por aquele que nos resgatou.
Como escravo é uma alegria indizível expressar nossa gratidão a este Senhor tão bom que nos comprou por alto preço e nos trata melhor do que se fossemos livres.

3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
Não existe aquela pessoa que 'não nasceu para adorar'. Você não tem saída amigo, precisa adorar ao Senhor pois você entrou nessa aliança por livre e espontânea vontade. Na verdade, você até mesmo entrou nesta aliança por interesse! E não foi? Não queria perdão dos pecados? Não queria receber a salvação, uma vida nova? Não queria uma vida diferente? Então. Agora adore!

4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?
Não adorar é uma expressão soberba. E a soberba vem logo antes da ruína e da queda. É fácil, adore ao Senhor. Deixar de fazer isso é descumprir um termo importante da aliança.
A adoração agrada ao Senhor e atrai seu favor.

Multiplicar: Crescimento natural da família, programado e desejado dos herdeiros. Crescimento desejado do número de servos, mais mão de obra para o serviço.

1. O voto deve ser cumprido rapidamente. Cumpra-o sem demora”.
Como se alegram os pais ao verem que seus filhos cresceram e constituíram famílias felizes. Assim também o desejo de Deus é que nos reproduzamos. Que tenhamos filhos.
Ovelha sabia sempre dá cria” diz o Pr. Abe Huber.
O Senhor quer ver a família crescer!

2. Não cumprir é pecado.Não permita que a sua boca o faça pecar”.
Não seja um cristão estéril. Não seja um fim em si mesmo.
Você precisa dar a luz, amamentar, cuidar... Sabe o que resta para a ovelha gorda? “Procurarei as perdidas e trarei de volta as desviadas. Enfaixarei a ferida e fortalecerei a fraca, mas a rebelde e forte (rica de comida, gorda), eu a destruirei. Apascentarei o rebanho com justiça”. Ez 34:16.

3. Depois de feito não há volta, não adianta 'trovar' o seu líder.E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'”
Alguns tentam se esconder dizendo 'e não tenho chamado para ganhar almas', 'discipulado não é meu ministério'. Irmão, deixa eu te dar uma ajudinha: “Portanto vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do pai e do Filho e do espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que lhes ordenei”. Mt 28:19-20.
Compreende? Fazer discípulos não é um ministério de um ou outro. É o dever de todos os cristãos. Você precisa dar fruto! E tem mais, está no plural!

4. Deus destrói as obras do tolo que votou e não cumpriu. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?
Não gerar novos cristãos é, além de uma grande falta de amor e misericórdia, uma grande desobediência a grande comissão.
De fato o Senhor precisa chacoalhar a vida de uma pessoa que é tão egoísta ao ponto de não querer ganhar almas para Jesus.

Versículos complementares:

Quando um homem fizer um voto ao Senhor ou um juramento que o obrigar a algum compromisso, não poderá quebrar a sua palavra, mas terá que cumprir tudo o que disse”. Nm 30:2. NVI

Se um de vocês fizer um voto ao Senhor, ao seu Deus, não demore a cumpri-lo, pois o Senhor o seu Deus, certamente lhe pedirá contas, e você será culpado de pecado se não o cumprir”. Dt 23:21. NVI

Faça tudo para cumprir o que os seus lábios prometeram, pois com a sua própria boca você fez, espontaneamente, o seu voto ao Senhor, ao seu Deus”. Dt 23:23. NVI

Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir. Não permita que a sua boca o faça pecar. E não diga ao mensageiro de Deus: 'O meu voto foi um engano'. Por que irritar a Deus com o que você diz e deixá-lo destruir o que você realizou?”. Ec 5:4-6. NVI

Paulo permaneceu em Corinto por algum tempo. Depois despediu-se dos irmãos e navegou para a Síria, acompanhado de Priscila e Áquila. Antes de embarcar, rapou a cabeça em Cencréia, devido a um voto que havia feito”. At 18:18. NVI

Fé, clamor e sinais.

Através desta mensagem em 30/03/14 a Pra. Tássia instigou os irmãos da Igreja Fonte de Vida de Cristal-RS a buscarem mais do Espírito Santo. O resultado foi um manifestar maravilhoso e profético.

Baixar mp3: 4shared MediaFire

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...