Flechas na mão do guerreiro, a responsabilidade do discipulador

Paulo em 1Tm 1:2 chama Timóteo de ‘verdadeiro filho na fé’ e em 2Tm 1:2 de ‘amado filho’. Em Tt 1:4 chama Tito de ‘verdadeiro filho em nossa fé comum’.
Paulo não era pai biológico deles. E talvez nem mesmo fosse aquele que ganhou Timóteo para Jesus (2Tm 1:5). Mas com certeza, Paulo era o discipulador de ambos e assim considerava-se um pai para eles.
O Salmo 127:3-5 fala um pouco sobre pais e filhos. Fala sobre o pai como um guerreiro. Então, discipulador, você é este guerreiro. Quais as guerras que você tem lutado? Quais seus objetivos, suas pelejas e conquistas? Qual o custo benefício de suas guerras? Sabia que seus discípulos lutarão suas guerras pois estão em sua mão! Isso mesmo, veja que grande responsabilidade. Eles são como flechas em sua mão. O que você fará de seus discípulos. Vale a pena leva-los em suas buscas, anseios e conquistas? Se eles forem para onde você está indo isso será bom para eles? Ser como você, é algo bom? Discipular é um grande privilégio, uma herança! Mas algo de grande responsabilidade.
Para onde vai a flecha? Isso dependerá da direção, intensidade e momento que o arqueiro determinará. Você como discipulador, precisa dar direção para seus discípulos. Qual o ministério deles? Como devem se preparar? Qual o alvo que deve se concentrar para atingir?
Com que intensidade devem se lançar em suas metas? E qual o momento de cada etapa, afinal a flecha lançada na hora errada será desviada  pelo vento.
Compreende que discipular alguém é um imenso privilégio, um mandamento (Mt 28:19ss) e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade?

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...