O ‘pedidor’ de perdão

Qual será a palavra mais difícil da língua portuguesa?
Inconstitucionalissimamente? Hortifrutigranjeiro?  Paralelepípedo? Otorrinolaringologista? Na verdade, uma das palavras mais difíceis é perdão!

Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia. Provérbios 28:13

Por que? Porque pedir perdão exige humilhar-se. Colocar-se em uma posição de servo. Expor-se. Mas já que queremos ser uma igreja de amor e cuidado, precisamos aprender a pedir perdão. Pedir perdão para Deus é normal. Sabemos que precisamos todos os dias, constantemente estarmos pedindo perdão ao Senhor. Pedir perdão quando cometemos um grande erro contra alguém, também é, de certa forma normal. Afinal um erro grotesco é muito visível e até mesmo por vergonha, acabamos pedindo perdão.
Mas queremos ir além! Queremos aprender a sermos ‘pedidores’ de perdão.
Pessoas que se arrependem não apenas das coisas gritantes, mas de cada falta de amor. Entendem? Não apenas pedir perdão por ter gritado, mas por ter falado de mal jeito. Não apenas pedir perdão quando humilha alguém, mas quando a deixa em situação desconfortável sem necessidade.
Não só pedir perdão depois de uma discussão com o cônjuge. Aprender a pedir perdão até mesmo quando falamos num tom de voz mais alto do que o necessário ou mais grosso do que o de costume.
Usar a palavra ‘perdão’ após as frases que não vierem antecedidas do ‘por favor’. Dizer ‘me perdoe’ quando uma palavra for entregue como profética e depois comprovada que não o foi. Aprender a pedir perdão!
Pedir perdão pelo almoço que atrasou, mesmo quando desejava que o marido o tivesse feito. Pedir perdão por entrar com os pés sujos, mesmo quando ela que tiver pedido: Venha rápido.
Pedir perdão ao chegar atrasado na célula, mesmo sendo o líder. E também por chegar atrasado no discipulado, mesmo que por causa do trabalho ou do filho chorando.
Enfim, para mostrarmos ao mundo que somos filhos do Deus que é amor, precisamos manifestar isso através da palavra PERDÃO.
Claro que, este estilo de vida ‘pedidor’ de perdão, também é um estilo de vida santo! Nos esforçaremos a cada dia para pecarmos menos, e se porventura pecarmos, as palavras ‘me perdoe’ fluirão com facilidade.
Mas com tantos pedidos de perão, vem o óbvio. E quando me pedirem perdão?
Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas". Mateus 6:14-15

"Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? " Jesus respondeu: "Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete. Mateus 18:21-22

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...