Páscoa... Quando o fim é só o começo. 1 Co 15.1-8.

Hoje é nosso culto de páscoa e falaremos sobre Jacó e Tiago. Alguém lembra o que significa o nome Jacó? Enganador. Ok, quantos de vocês, sabendo que o nome “Jacó” significa enganador, dariam esse nome para seus filhos? E quantos dariam esse nome já traduzido? “Enganador, tá na hora do banho... Enganador, venha almoçar”. Quantos de vocês fariam isso?

Baixar mp3: 4shared mediafire depositfiles

Baixar: TADEL EXPRES 


Pois bem, agora, quanto ao nome “Tiago”? Quantos acham esse nome bonito? Quantos dariam para seu filho esse nome de ‘apóstolo’? Afinal de contas um Tiago chegou a fazer parte do seleto grupo dos 3 MDA’s mais íntimos de Jesus.
Jacó desde o ventre de sua mãe era “aquele que segura no calcanhar”. Ganhou esse nome justamente por segurar o calcanhar de Esaú já no nascimento. Saiu Esaú com o Jacó grudado no calcanhar. A vida de Jacó foi de mentiras e enganação até o dia em que o Senhor mudou o nome dele para Israel.
E Tiago? No novo testamento há 5 homens chamados de Tiago. Um deles foi Tiago filho de Alfeu, um dos 12 apóstolos. Outro era irmão de João, filho de Zebedeu. Fazia parte do grupo especial dos 3 MDA’s mais próximos de Jesus. O Tiago que tornou-se um dos líderes da Igreja após a crucificação de Jesus. Quando Herodes quis acabar com os Cristãos, começou tentando eliminar os líderes. Primeiro, Tiago irmão de João. E depois deste Pedro, mas a Igreja se pôs em oração e Pedro foi salvo.
Pedro assume a liderança da Igreja por um período e em seguida, o Espírito Santo levanta outro homem para assumir a posição máxima de liderança da Igreja Primitica. Quem seria? O próprio Pedro continuar liderando? Ou então João, o discípulo amado de Jesus? Quem sabe Barnabé, que não era um dos 12, porém, mesmo assim era destaque entre toda à Igreja.
Não, o líder escolhido pelo Senhor, foi Tiago, filho de Maria e José, irmão de Jesus. Vamos lá... Não foi por acaso que o Senhor escolhera José para criar Jesus. José era da descendência de Davi, da qual Jesus deveria vir. E como ainda não havia consumado o casamento com sua noiva Maria, aquela era a família ideal para o Messias vir. O responsável pela educação de Jesus foi José. Ele que escolhia quais os livros Jesus deveria ler, quais lugares deveria frequentar, qual profissão deveria seguir. Deus o Pai, precisava de alguém de confiança, afinal, seu filho que desde sempre coexistiu com Ele no céu, estaria vindo ao mundo como um bebê indefeso. José foi escolhido para essa missão. Um homem tremendo. Pois bem, esse José fantástico também criou seus outros filhos, entre eles, Tiago!
E para quem não sabe, Tiago e Jacó são o mesmo nome, só que um em hebraico e o outro em grego. Mas como alguém coloca um nome desses no filho? Certamente José estava lembrando de quem Jacó se tornou e não de seu passado. Jacó deu um novo sentido a seu nome. Mais ainda o fez Tiago, filho de José. A mesma educação dada a Jesus, foi dada a ele. Cresceu com Jesus. Viu Jesus desde moço, brincou com ele, comeu com ele e provavelmente, dormia no mesmo quarto, estudavam e trabalhavam juntos.
Se Jesus fosse um impostor, Tiago seria a pessoa indicada para desmascará-lo, afinal, não conhecia apenas a parte pública de Jesus, conhecia sua intimidade. Se Jesus tivesse cometido algum pecado, por menor que fosse o pecado, Tiago o delataria. Jesus não poderia ser um no particular e outro em público, como algumas pessoas fazem. São santos em público e dentro de casa demônios. Não, se Jesus fosse assim, Tiago nos contaria.
Alguém pode dizer: “Mas pastor, Tiago achava que Jesus estava louco e não criam nele.” Mc 3.21; Jo 7.5! Isso é bem verdade.
Mas veja o que o apóstolo Paulo diz: Reconhecendo a graça que me fora concedida, Tiago, Pedro e João, tidos como colunas, estenderam a mão direita a mim e a Barnabé em sinal de comunhão. Eles concordaram em que devíamos nos dirigir aos gentios, e eles, aos circuncisos. Gálatas 2:9
Tiago e Paulo faziam parte da geração dos apóstolos do Espírito Santo. Apóstolos de Cristo como foram Pedro e João não podemos ser. Mas como Tiago e Paulo sim. Mas vamos nos focar no Tiago. Nasceu depois de Jesus. Cresceu ouvindo seus pais contarem de que o irmão Jesus, era na verdade o próprio Deus Filho, o Messias que já existia no céu (João 1) e através de quem todas as coisas foram criadas que havia descido do céu e entrado na barriga de Maria mediante milagre do Espírito Santo.
Crescer ouvindo que seu irmão era nada mais, nada menos que Deus. No começo Tiago não ia com a cara de Jesus. Não cria nele, não acreditava no que seus pais contavam. Chegou a pensar que Jesus estava louco.
Tudo indica que a vida de Tiago não tinha muita graça. Tudo girando ao redor de seu irmão Jesus. E ele sempre em segundo plano. Pessoas seguindo Jesus, adorando Jesus... E ele ali sem entender nada e até mesmo correndo risco de vida.
Mas algo mudou tudo isso. Seu irmão Jesus, depois de ensinar muitas coisas, manifestar amor, poder, sinais... Havia declarado que entregaria sua vida em uma cruz para perdão de nossos pecados e ressuscitaria ao terceiro dia.
Era mais uma páscoa diferente, acostumado a festejar a judaica todos os anos, Tiago queria festejar a saída do povo hebreu do Egito. Porém as últimas duas páscoas tinham sido tumultuadas pelos conflitos entre Jesus e os religiosos. Talvez Tiago só quisesse um pouco de paz neste páscoa, um pouco de descanso para seus irmãos, irmãos e para sua mãe...
Jesus é entregue aos soldados. Espancado, humilhado. Sua mãe chora. Era difícil para Tiago tentar entender  que tinha acontecido com seu irmão. Por que uma insanidade daquele tamanho? Por que não tinha organizado uma revolução com espadas, afinal, Simão o Zelote, era seu discípulo e poderia organizar isso. Ou mesmo André e Pedro, coordenar os pescadores para defende-lo. Ainda Mateus e Zaqueu poderiam convocar todas as pessoas nobres para uma revolução. Não, seu irmão não fizera nada daquilo. Lá estava o mano Jesus, apanhando dos Romanos. Por que João que conhecia os fariseus, não fazia algo? O que estava acontecendo?
E seu irmão foi para numa cruz. O coração de sua mãe estava partido. Seus irmãos e irmãs desesperados. Nessa altura, tudo indica que José já estava morto e como filho mais velho, Jesus era o responsável pela família, o líder do clã. Jesus em um de seus últimos atos, passa a responsabilidade de cuidar de Maria não para Tiago, José, Simão ou Judas, filhos de José (Mt 13.55). Jesus deixa sua mãe terrena aos cuidados do seu jovem discípulo João.
Aquilo tudo foi um furacão para o coração de Tiago. E para fechar a confusão com chave de ouro. Boatos começas a circular de que o corpo do carpinteiro seu irmão, não estava mais no túmulo. Aonde esse história iria dar? Será que Tiago teria sua vida inteira arruinada por seu irmão mais velho?
Depois apareceu a Tiago... 1 Co 15:7 Jesus já ressurreto, termina com o dilema da vida de seu irmão. Tiago vê então que tudo que Jesus falara desde a infância era verdade. E com o tempo, o Senhor passa a liderança da Igreja de Pedro para Jacob Ben Josef, Tiago filho de José. Tiago se tornou então o líder máximo da Igreja de Jerusalém. E quando os apóstolos tinha dúvidas? Pedro, Paulo e os demais expunham seus pontos. Porém era de Tiago que vinha a resposta (At 15.13)

Além de se tornar o líder máximo da Igreja, Tiago escreve uma carta. Começa dizendo: “Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo Tg 1:1.” Tiago agora se chamava de escravo de Jesus. E em sua carta, fala sobre detalhes práticos de como um verdadeiro cristão deveria ser, dando ênfase a que nada fosse só da boca pra fora, pois ele jamais tinha visto Jesus dizer algo da boca pra fora. Jesus falava, Jesus fazia!
Tiago mudou o significado de seu nome. Tiago não era mais o nome de um ‘enganador’, mas de alguém que estava enganado, mas tivera os olhos abertos e agora defendia tudo que antes duvidara. Você teria coragem de colocar o nome de um filho seu de Tiago?
E você? Que tipo de relacionamento tem tido com Jesus? Um relacionamento de dúvida, de incredulidade, de achismos? Eu quero te dizer uma coisa: Você está precisando de um encontro pessoas com o meu Jesus, que morreu, mas ressuscitou de entre os mortos e está assentado no trono, ao lado de Deus Pai e de lá virá para julgar os vivos e mortos.
Você precisa ter mais do que um relacionamento com letras. Mais do que um relacionamento com prédios e pessoas. Você precisa descobrir que Jesus está vivo e deixar essa vida de Deus entrar dentro de você!
E este é o testemunho: Deus nos deu a vida eterna, e essa vida está em seu Filho. Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida. Escrevi-lhes estas coisas, a vocês que crêem no nome do Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna. 1 Jo 5:11-13.

Inimigos da Igreja

Em João capítulo 5 aprendemos uma lição sobre os 5 Inimigos da Igreja. Comparando a história do homem paralítico a 38 anos ao lado do Tanque de Bestesda com a realidade da Igreja.

1 - Conformismo.
2 - Esperar.
3 - Egoísmo
4 - Religiosidade.
5 - Indiferença.

Esta mensagem foi minstrada pelo Pr. Norton L. Lenzi da Igreja Vida de Santo Antônio da Patrulha na Igreja Evangélica Vida Nova - Seara em Cristal-RS no dia 24/03/2013.

TADEL EXPRESS: mediafire


Um lugar pra você!

     Deus criou a terra. Em um lugar especial plantou o Jardim e colocou o ser humano. Por causa do pecado, o o ser humano foi expulso do jardim. Porém, Jesus veio para nos resgatar e levar para o lugar que Ele tem preparado. Um jardim de delícias, um paraíso para vivermos com ele.
     Mensagem ministrada pelo Pastor Norton L. Lenzi da Igreja Vida de Santo Antônio da Patrulha em Cristal-RS no dia 23/03/2013.


Fervor Bíblico

     Paulo encontra Priscila e Áquila e começa a discipulá-los. Iniciaram uma célula. Paulo, Priscila e Áquila. Depois de prepara-los, outros discípulos de Paulo chegam e então Paulo sai a pregar. Quando muda de cidade, levou junto aqueles preciosos líderes e deixou-os em Éfeso. Ali eles iniciaram novamente uma célula em sua casa.


Então surge Apolo. Atos 18-24-28.
Apolo era um homem culto, profundo conhecedor da Palavra, pregador eloquente e fervoroso. Sua pregação era contundente e correta, porém incompleta. Os experientes líderes de célula, Priscila e Áquila o levaram para sua célula e o edificaram. Depois disso, Apolo cresceu tanto no Senhor que as pessoas chegavam a comparar quem era maior, Paulo ou Apolo.
Quero lhes falar a respeito de fervor! Apolo era fervoroso no Espírito!
Só de ouvir esse nome, Apolo, já sinto algo diferente. Foi dado a um grande homem de Deus. Naqueles dias, o símbolo do conhecimento e da ciência estava no continente Africano. Lá, no Egito, estava a cidade de Alexandria com sua fabulosa biblioteca. Tudo indica que o próprio Lucas, discípulo de Paulo e escritor do Evangelho que leva seu nome e Atos, tenha estudado no Egito, pois uma elite intelectual morava naqueles arredores.
Apolo tinha as portas do mundo abertas para ele. Com certeza tinha cesso a tudo que se pode imaginar. Para o mundo da época, o que Apolo tinha era mais do que hoje para nós uma internet banda larga, mais do que estar no campos da USP ou da URGS. Era como crescer em Harvard ou Oxford.  Ou ainda crescer dentro da Microsoft ou Google.
Muitas pessoas dizem que cristãos são cristãos porque não tem conhecimento. Pois bem, ai está Apolo, que tinha acesso ao mais profundo conhecimento da época. O verdadeiro e sincero conhecimento nos leva para perto de Jesus. Jesus é a verdade. Se algo não te leva para perto de Jesus, desconfie!
E infelizmente, até alguns cristãos chegam a dizer que cristão do Reteté é assim porque não tem conhecimento, não tem teologia. Pois eu lhes apresento Apolo. Apolo tinha conhecimento, tanto das escrituras, como teológico, mas também cultural e secular. Paulo com certeza foi uma das mentes mais brilhantes de toda história da humanidade, mas Apolo, no geral, o superava em conhecimento.
Eu quero te contar uma coisa meu querido. Sempre fui destaque onde estudei. Já li muita coisa, já tive acesso a muita informação. E cada vez mais eu vejo que preciso, que necessito do fogo do Espírito Santo ardendo em meu coração! Cresci em uma igreja tradicional e tinha em minha mente sofismas provenientes da mesma. Comecei a visitar uma Assembleia de Deus e ali o conhecimento tradicional europeu que eu havia recebido foi confrontado com a tradição pentecostal. Examinei os dois mundos que me cercavam pela escritura. Comecei a ver um povo que buscava um tal de “batismo no Espírito Santo” como algo muito importante. E quando eu o recebi, repreendi, achando que as línguas estranhas que saiam da minha boca era obra de Satanás. Comecei a estudar mais a fundo as escrituras e ver que tudo aquilo provinha do Senhor. Um outro povo, que se diz igreja começou a querer me doutrinar e mostrar que aquilo não vinha de Deus, que não era bíblico. Seus argumentos não me foram convincentes. Mais outro pessoal, começou a querer me dizer que as coisas que estavam acontecendo em minha vida tinham a ver com “vidas passadas”. Tal argumento também não me trouxe paz.
Começamos então uma busca pelo Espírito Santo. Queríamos adentrar a fundo e viver tudo aquilo que a Escritura falava. Queríamos viver o Atos dos Apóstolos pra agora! Pra hoje! E nos dedicamos em vigílias, em jejuns, cultos, pregações, retiros, discipulados, células... No atiramos de cabeça no Espírito Santo! E ele nos pegou de jeito! Cada acontecimento era motivo para conversarmos, para subir o monte, para sairmos orando de madrugada ou fazer quilômetros para congregar, fosse a pé na chuva, de moto no frio, ou de fusca superlotado.
Sai do meio daquele movimento pentecostal Bíblico e cai numa faculdade teológica. Tive acesso a opiniões das mais diversas. Professores estrangeiros, de denominações diferentes, de linhas teológicas diferentes. Colegas pastores de diversos ministérios. Uma miscelânea completa. Era um tal de “no grego” pra cá e “no hebraico” pra lá, e professores querendo que lêssemos em inglês, espanhol e alemão. Uma conversa sobre contexto, etimologia, práxis... Pessoas rindo de minha fé Pentecostal.
Mas vidas foram sendo salvas ali até hoje tenho meu cartão de visitas, filhos na fé gerados por esse maluco que crê no Poder do Espírito Santo para transformar vidas e não só elas, mas também toda a realidade ao redor. Quem crê nisso, glorifica ao Senhor! Vá atrás, visite as cidades onde já morei depois de ter me convertido e em todas elas eu te mostrarei pessoas que foram transformada por pelo poder do Espírito Santo através de minha vida.
E aqui estou eu. Morando nesta cidade desde fevereiro de 2011. E eu tenho certeza que pelo menos uma vez sua vida foi impactada por Deus através de mim. E se isso ainda não aconteceu, te prepara porque você não sai daqui hoje sem ser impactado pelo Espírito Santo! Se quer guardar uma recordação de mim, espero que seja a recordação de um homem cheio do Espírito Santo!
Creia no poder do Espírito Santo. Abra sua boca, mova seu corpo e seja fervoroso!
Apolo cresceu como Judeu. Mas ficou sabendo sobre o Caminho de Jesus. Ele não era nenhum tolo. Sendo Judeu e conhecendo completamente as Escrituras, logo percebeu que Jesus era o Messias, o Salvador prometido. Saiu mundo a fora anunciando com muito fervor as Boas Novas. Sua pregação era incisiva e precisa. Conhecia o que chamamos de Antigo testamento com muita precisão. E como o AT revela Jesus, sua pregação era contundente.
Porém, faltava-lhe algumas coisas mais... Por isso, Priscila e Aquila, os fazedores de tendas, o aperfeiçoaram no Senhor. O tornaram um homem melhor ainda. Como assim, curtidores de couro aperfeiçoarem o grande Apolo? Isso é discipulado, uma transferência de vida espiritual que Apolo precisava para regar seu conhecimento e direcionar seu fervor.
Apolo poderia debater com qualquer pessoa sobre qualquer assunto. Tudo indica que era invencível em debates. Mas Apolo persuadia ATRAVÉS DA ESCRITURA! Assim é um verdadeiro cristão fervoroso!
Não adianta ficar dizendo que é do Reteté, que é louco por Jesus, que é fervoroso. Um verdadeiro fervor no Senhor é a ligação de uma paixão intensa, de um fogo impetuoso, com uma dedicação e fidelidade a escritura. Apolo era expressivo e FERVOROSO, cheio do Espírito Santo e profundíssimo conhecedor das escrituras.
Gerações são impactadas é pela Glória de Deus e não por homens poderosos.
Viajando por toda parte, Pedro foi visitar os santos que viviam em Lida. Ali encontrou um paralítico chamado Enéias, que estava acamado fazia oito anos. Disse-lhe Pedro: "Enéias, Jesus Cristo vai curá-lo! Levante-se e arrume a sua cama". Ele se levantou imediatamente. Todos os que viviam em Lida e Sarona o viram e se converteram ao Senhor. Atos 9:32-35.

Até a sombra de Pedro e Paulo curava os enfermos. Até os lenços e aventais de Paulo eram usados pelo Espírito Santo para trazer cura. At 19.12.

Felipe foi transladado, estava em um lugar, evangelizou e batizou um homem e Deus o transladou, ou seja, o fez desaparecer do lugar onde estava e aparecer em outro! At 8.39-40.
Certa vez os discípulos de Elizeu estava cortando árvores na beira de um rio e o ferro do machado voou. Elizeu jogou um pau na água e o ferro do machado boiou!
Conta-se que Charles Finney ao passar de trem por uma determinada cidade, a unção que estava em sua vida comoveu os homens que bebiam em um bar. Atônitos, eles correram até uma igreja, onde chorando copiosamente, entregaram suas vidas ao Senhor. Ele apenas passou de trem.[i]
Um dia pregando, Marco Feliciano bateu a mão sobre o púlpito de acrílico projetado para suportar toneladas e o púlpito quebrou!
Reinhard Bonnke em uma campanha reuniu 6 milhões de pessoas em uma campanha na Nigéria! Qual a estratégia dele? Ele chama de Evangelismo por fogo! Sem o fogo do espírito Santo vidas não são transformadas! Em uma de suas campanhas, uma mulher foi ao necrotério, roubou o corpo do seu falecido marido, carregou e o colocou debaixo da plataforma sobre a qual Bonnke pregava. Irmãos se reuniram ao redor e começaram a orar. O homem ressuscitou! Em suas campanhas é normal surdos ouvirem, paralíticos andarem e cegos enxergarem.
David Younggi Cho tomou uma criança aleijada, jogou no chão, pulou sobre ela até quebrar os ossos das pernas. Depois segurou pela mão e saiu correndo... A crianças estava 100% curada!
Eu sei do que eu estou falando! Já me deram socos que passaram por dentro de mim, já atravessei de carro por dentro de uma árvore sem me chocar com ela, já vi o chão pegar fogo, chuva de estrelas cadentes, já vi a Glória de Deus se manifestar através de um luz poderosa, ouvi a música do céu... Já fui levado em visão a África e ao Alaska para pregar, já entreguei muitas profecias e já vi muitas sendo cumpridas. Já vi morte e ressureição pessoalmente! Já vi e ouvi mudo voltar a falar! Não falo de coisas de minha imaginação, conto do que fui testemunha ocular!
Eu creio no poder do Espírito Santo! Eu creio no poder do Espírito Santo! E ser cheio desse Espírito maravilhoso é tudo que eu quero!


[i] http://www.ebdareiabranca.com/CidadCrist/Licao09CCAjuda2.htm

Agora é Guerra

Proclamem isto entre as nações: Preparem-se para a guerra! Despertem os guerreiros! Todos os homens de guerra aproximem-se e ataquem. Forjem os seus arados, fazendo deles espadas; e de suas foices, façam lanças. Diga o fraco: "Sou um guerreiro"! Joel 3:9-10.
Ouça o som dos cavalos, das espadas, dos aviões, dos tanques de guerra... Abra os seus ouvidos e comece a ouvir o bater das asas dos anjos, o desembainhar das espadas... Agora, é guerra!

Baixar mp3: mediafire 4shared
Visualizar on-line ou baixar TADEL Express: PDF DOCX

 
Anjos e demônios travam batalhas nas regiões celestes. De certa forma, o que fazemos no mundo natural é um ‘controle’ do que sucede no mundo espiritual. Nossas ações físicas têm consequências espirituais. Porém, são nossas ações naturais invocando o sobrenatural que determinam quem vencerá cada batalha.
A guerra já está vencida, mas quantos soldados ainda perderemos? Quanto dano teremos? Não podemos perder mais soldados! Não podemos deixar o inimigo levar despojos de guerra!
O Senhor é chamado na Palavra de Senhor dos Exércitos! Estamos nos preparando para uma semana que vai mudar completamente o rumo deste ministério. Estamos preparando uma semana que mudará o destino eterno de muitas pessoas! Isso é muito, muito sério mesmo. Não é algo que podemos brincar ou fazer de qualquer maneira.
E também não é algo opcional. Deixar alguém morrer eternamente não é opção! Se fazemos tudo para manter naturalmente viva uma pessoa que amamos, precisamos fazer no mínimo mais do que tudo para que estejam espiritualmente vivas por toda eternidade.
Quem somos: Somos embaixadores, chamados para tratar dos interesses do Reino de Deus nessa terra. E o Reino de Deus está muito interessado em IMPORTAÇÃO! Adoção de Filhos para morar no Céu!
Exército de Cristo: Chamados vencer!
Quem são nossos inimigos: O Diabo, a Carne e o Mundo!
Estamos nos preparando para uma batalha muito grande. Nossos Inimigos, as forças das Trevas, tentarão inclusive impedir essa batalha de ocorrer. Precisamos nos organizar, amalgamar, preparar, revestir e ATACAR! Vamos falar um pouco sobre nossas estratégias de guerra.
UNIDADE: A Bíblia fala insistentemente em unidade. O próprio Jesus chegou a dizer: “Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e uma casa dividida contra si mesma cairá”. Lucas 11:17.
Antes de começar ‘oficialmente’ a 2ª Guerra Mundial, Adolf Hitler fez alianças ao redor do mundo, chamadas de 5ª Coluna.
A ação de uma quinta coluna não se dá no plano puramente militar. Assim como os demais partícipes de uma guerra, os elementos quinta-colunistas agem por meio da sabotagem e da difusão de boatos. Em outras palavras, pode-se dizer que a força da quinta coluna reside tanto na possibilidade de "atacar de dentro", como na capacidade de desmobilizar uma eventual reação à agressão que se intenta. Wikipédia.
Precisamos tomar muito cuidado com a 5ª Coluna de Satanás! Não podemos permitir que haja alguém assim e muito menos que sejamos assim. Diga: Irmão amado, não seja 5ª Coluna!
Pedro foi usado como 5ª Coluna por Satanás para desmotivar Jesus: Desde aquele momento Jesus começou a explicar aos seus discípulos que era necessário que ele fosse para Jerusalém e sofresse muitas coisas nas mãos dos líderes religiosos, dos chefes dos sacerdotes e dos mestres da lei, e fosse morto e ressuscitasse no terceiro dia. Então Pedro, chamando-o à parte, começou a repreendê-lo, dizendo: "Nunca, Senhor! Isso nunca te acontecerá!" Jesus virou-se e disse a Pedro: "Para trás de mim, Satanás! Você é uma pedra de tropeço para mim, e não pensa nas coisas de Deus, mas nas dos homens". Mateus 16:21-23
Judas foi usado para: "atacar de dentro". Pedro para: desmobilizar uma eventual reação à agressão que se intenta.
Judas foi 5ª Coluna sabendo que estava sendo. Já Pedro foi usado por Satanás sem perceber. Meu irmão, eu realmente acredito que nenhum de vocês queira ser usado pro Satanás para atacar Igreja. Porém, se até o Pedro foi usado sem perceber, quero exortar veementemente a vigiar para que você não auxilie o inimigo sem perceber. Como os 10 espias, desmobilizaram o povo hebreu de conquistar a terra prometida e comprometeram toda uma geração de desfrutar o melhor de Deus. Davi infiltrou Husai seu conselheiro no reino de Absalão, para confundir e atrapalhar. E assim obteve vitória contra a Rebelião causada por seu filho.
Para você saber se está alinhado com a visão que o Espírito Santo tem nos dado: Se você fosse implantar uma Igreja, como ela seria? Como ovelha submissa e fiel, ela seria exatamente como estamos deixando essa. Esse é um termômetro para medir teu nível de lealdade e fidelidade. Soldados fiéis não apenas obedecem, eles amam a visão e missão de sua tropa. Aprenda a amar a maneira como o Espírito Santo está nos orientando a ser Igreja!
Projetos avançam quando existe amor. Jesus questionou Pedro: Tu me amas? Só depois pediu para ele cuidar de suas ovelhas. Eu não posso e não devo contar com pessoas que não me amem na tarefa de ganhar vidas e cuidar bem delas. Pois mais cedo ou mais tarde causarão problemas! Um comandante precisa saber quem são seus soldados fiéis, pois os infiéis podem servir como 5ª coluna, incitando rebeliões, desmotivando os soldados e até mesmo, gastando recursos na cadeia.
O Senhor me deu a honra de estar à frente deste exército para esta batalha, mas eu preciso de soldados fieis, que não apenas obedeçam, mas que me amem e não me deixem sozinho em batalha. Tu me amas? Tu me amas? Tu me amas? Eu não posso contar com soldados que obedeçam só onde vejo. Nem com soldados de meia confiança. Preciso de uma tropa de elite, de guerreiros leais. Eu realmente posso contar contigo? Eu quero ouvir tua resposta!
Como pastor titular de uma Igreja, é uma responsabilidade muito grande a minha. Em Apocalipse, quando o Senhor Jesus através de João, envia cartas para as Igrejas locais, diz: “Ao anjo da Igreja que está...”. As cartas, as revelações, as direções foram escritas aos pastores das Igrejas locais para que alinhassem o exército do Senhor debaixo da sua vontade. Minha responsabilidade é receber essa direção, essa revelação de qual nossa função, posicionamento, maneira de atacarmos e nos defendermos e ainda, manter tudo em ordem e funcionamento.
Onde você está em tudo isso? Que tipo de soldado você é? Você é um soldado preguiçoso, medroso, desanimado? Você é um soldado que não é de confiança? Ou você é um soldado com quem eu posso contar que dá a vida pelo Marechal?
Estamos perto de nossa multiplicação de células. Nesse contexto, podemos dizer que é a multiplicação dos pelotões!
Numa casa uma ideia bem clara para os pais pode parecer impossível, loucura para os filhos e vice versa. Porém, a vontade dos pais prevalece. Porém quando os filhos se tornam adolescentes começam a se achar ‘donos da verdade’. Muitas vezes os pais até conversam e adotam suas ideias, mas em outros casos é necessário refutar e ser firme para que as coisas não percam o foco. Assim meus amados irmãos, quero pedir que sejam bons filhos tanto em nossa multiplicação, como no evento de colheita que vai ocorrer. Claro que podem conversar em particular conosco, dar suas ideias, opiniões... Mas como filhos amados, talvez venhamos adotar suas ideias, porém, talvez não. Não seja um filho beiçudo, nem um adolescente rebelde.
“E quando a mim que estou chegando a pouco tempo”? Você fique tranquilo, vamos te levar no colo, não se preocupe!
Meu amado, mais uma vez quero te pedir, vigie para não ser usado pelo inimigo! Vamos andar juntos em unidade! Tome cuidado pois o inimigo vai tentar atacar a individualidade para confundir a totalidade!
Cuide de sua família. Teu casamento é um alvo muito estratégico, proteja bem ele. Em guerras, às vezes os inimigos bombardeiam usinas para que o povo fique sem energia. Teu casamento é uma usina! Se teu casamento está firme e forte, você tem energia para encarar o dia a dia. Claro que o foco principal é teu TSD, teu tempo sozinho com Deus. Mas logo em seguida, tua família.
Se o inimigo conseguir atrapalhar teu casamento, terá conseguido atrapalhar todas as áreas de sua vida. Por isso, ainda mais nestes dias que antecipam esta grande batalha, vigie teu casamento!
Lc 9.12ss. “Jesus, ‘manda’ embora esse povo”! Estavam sendo 5ª coluna sem perceber! Ao invés de chegar para Jesus e perguntar quais os planos, quais os projetos ou que seja, que informassem a situção. Não, eles chegaram dando ordem para aquele que chamavam de Mestre. E prosseguiram... “Ó o Senhor esqueceu que aqui é um lugar deserto e está ficando escuro, precisa pensar na segurança desse povo e tem mais, vão comer o que? Esqueceu de trazer um lanche? Esse sua campanha tá muito legal mais da proxima vamos ter que organizar melhor”.
Percebe? Estavam sem perceber, sendo instrumentos do inferno para desanimar Jesus. Mas ele não se entregou: “Deem vocês o que comer para eles”. Em outras palavras: “Quem está no comando aqui sou eu, já vi a situação, deixei eu mostrar como agir”. Eles ainda não convencidos, ainda não confiando plenamente na orientação de Jesus. Filipe toma a frente e diz: “Jesus, olha, se a gente rapar o caixa, pegar os R$ 5500 que tem e comprar em pão, não vai chegar! E outra, essa hora não tem mais padaria aberta”!
Como sabemos, o Judas não queria que o orçamento fosse usado, porque cuidava das finanças do ministério de Jesus e roubava! Então se o dinheiro fosse usado como iria roubar? Lá estava o Judas dando conselhos furados. E o Tomé? Provavelmente incrédulo, imaginando que tudo aquilo não teria um bom fim, que, não iria dar certo... Tiago e João, nesse época ainda tinham o paviu meio curto, imagino que já estavam irritados com a situção. Talvez o Pedro já estivesse pensando em se oferecer para ‘resolver o problema’ indo a pé às aldeias e trazendo a comida nas costas. Ainda bem que o Apóstolo André estava lá para agir menos mal. Fico emocionado só de imaginar o André nesse dia! Fez um levantamento e descobriu que existiam 5 pães e dois peixinhos. Andre fez um desafio sadiu para Jesus: “Tá aqui Jesus, isso é o que nós temos! Isso é o que nós conseguimos, mostre o que o Senhor pode fazer”! Andre trouxe informações à seu líder e um pergunta, não sarcástica, mas com o intuito de receber a instrução, o próximo passo.
Já cheiara mal, já é de 4 dias.
João 11.32 Quando Maria chegou ao lugar onde estava Jesus, ao vê-lo, lançou-se-lhe aos pés, dizendo: Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido
João 11.39. Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias. 40Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...