Estudos em Lucas #01 - Introdução

    Começando por esta, estarei postando semanalmente estudos sequencias sobre o ‘Evangelho segundo Lucas’.
Lc 1.1-4. Lucas, livro que recebe o nome de seu escritor, redigido por volta do ano 60 de nossa era, faz uma análise profunda, uma pesquisa a respeito de o que foi o Movimento de Jesus. Em seu segundo volume, chamado de ‘Atos dos Apóstolos’, Lucas continua sua pesquisa, falando sobre a sequencia do Movimento de Jesus, chamada Igreja.
Lucas era médico, também amigo e companheiro nas missões de Paulo. Conheceu o evangelista João Marcos e seu evangelho nos confidencia que em sua investigação, esteve junto de pessoas próximas a Jesus, como Maria, viúva de José de quem obteve preciosas informações sobre os fatos que antecederam o ministério de Jesus.
Para esse trabalho minucioso de pesquisa, Lucas contou com um patrocinador especial. Teófilo, militar romano, cujo pronome de tratamento usado por Lucas, mostra que possuía alta patente. Provavelmente Teófilo, um romano recém convertido, financiou as viagens e pesquisas de Lucas. Apesar de usar mais da metade dos relatos de João Marcos, Lucas foi além, conferindo coisa com coisa, com um espírito (disposição) Bereano (At 17.11). Afinal, João Marcos, o jovem apóstolo que correu pelado (Mc 14.51-52), tendo por volta de 20 anos, agora era um senhor idoso.
O Evangelho de Lucas mostra-se por demais precisos. Por conter o cepo de Marcos, testemunha ocular, servo do Senhor desde a mocidade. E também a influencia das revelações de Paulo, homem que recebeu o Evangelho por revelação, sobrenaturalmente e sabia de fatos que os primeiros 12 desconheciam ou conheciam pouco (Gl 1.11-12).
Pode surgir a pergunta: Acaso a escritura não é inspirada por Deus (2Tm 3.16)? Sim é. Entretanto o fato de ser inspirada por Deus não é desculpa para a preguiça! Lucas foi inspirado por Deus em sua pesquisa em seus estudos e em revelação. Inspiração do Espírito age no mundo físico. Quem espera ser inspirado por Deus e não derramar uma gota de suor pode esperar sentado. Lucas aprendera muito bem com Paulo a lição. Inspiração sobrenatural deve levar a atitudes concretas!
Quando Lucas diz que investigou tudo, desde sua ‘origem’ ou ‘desde o começo’, o grego nos revela que se referia a ‘de alto a baixo’ ou ainda ‘de cima, dos céus, do começo ao fim’. O que nos dá ideia de inspiração divina e pesquisa dedicada[1].
De fato, o trabalho de Lucas veio no tempo certo. Muitas ‘fofocas’ a respeito do ocorrido se espalhavam. Surgiam e surgiriam pseudoepígrafos (falsos escritos) como o Evangelho segundo Bartolomeu, Pedro, Madalena e Felipe... Textos que inspirados por Satanás para trazer confusão no meio da Igreja, apresentando heresias combatidas em toda Bíblia como se fossem verdades.
“Excelentíssimo Teófilo, estou escrevendo para que o senhor tenha certeza das cosias que ouviu quando se converteu. Para que saiba exatamente como tudo aconteceu e não se deixe levar por mentiras e fofocas, advindas de bocas inspiradas pelo Diabo”. Acredito que seriam por ai as palavras de Lucas em nossos dias. Dias de blogs heréticos, de teologias distorcidas e Antropocêntricas.
Bom, acredito que a título de introdução é o bastante por hoje. Um abraço, Sidinei.


[1] Bíblia de Estudo King James, Abba Press, São Paulo, 2007.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...