Nova Geração

     Austrália me faz lembrar cangurus... Até que em um destes programas educativos da televisão (eles existem) descobri que possui uma enorme biodiversidade marinha.
      “As tempestades arrancam o coral moribundo e dão lugar ao novo”... Disse o repórter. Não entendo de mar, porém a frase é interessante.
Na vida, as tempestades carregam os fracos. Carregam os pobres, os não instruídos... Levam pra longe os que tem nome fraco, que não possuem pedigree (que horror). No Reino de Deus não é assim. Ou será que é?
1.      Sim. Se considerarmos a (parte da) Igreja, veremos que os pequenos são excluídos, esquecidos e às vezes se perdem.
2.    Não. Se considerarmos a (parte boa da) Igreja, veremos que recebe bem os fracos, pois sabe que o mestre veio justamente para buscar e salvar o perdido e para sarar os doentes.
3.    Sim. Aquele que está em pé precisa tomar cuidado para não cair. Os fracos se perdem e se desviam. Os fortes vencem.
4.    Não. Na Igreja, a misere encontra a cardia em Jesus.
Igreja faz o mundo lembrar o que? Se nenhum especialista explicar, qualquer um que aparecer na televisão receberá crédito do povo. Será que o tio da TV falou certo? Será que os tiosinhos da gravata estão ensinando certo? Vamos abrir nossas Bíblias e pregar o Evangelho.
Indo à Austrália, descobrirei a verdade. Quem olha o Reino de Deus pelo lado de dentro, sabre explicar. Aliás, saberá explicar, mas, apenas irá entender plenamente quem nele entrar...
“As tempestades arrancam o coral moribundo e dão lugar ao novo”. Deus está arrancando os mortos e nos colocando no lugar, para mostrar ao mundo quais são as BOAS NOVAS!

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...