Verdades sobre o Natal

Recomendo que ao invés de lerem este meu artigo, ouçam ESSA pregação do Pr. Abe Huber: Baixe clicando AQUI.       

Que o natal como existe hoje não tem muito a ver com cristianismo você já deve saber. Essa história de 25 de dezembro é pagã. Papai Noel e tudo mais são no mínimo, distorções do cristianismo. O que fazer então com o Papai Noel? O Pr. Otávio responde AQUI. Qual a origem da comemoração? Segue abaixo artigo da Wikipédia explicando.
Antes, te convido a ler ESTE ARTIGO onde comento sobre o que fazer no natal. Não sou contra comemorarmos o natal. Tenho inclusive pregado que “Natal é Vida Nova”. Por quê? Porque já que o mundo todo está comemorando esta data e alguns se lembrando do nascimento de Jesus, aproveito para falar que Natal, para mim, significa Deus vindo a nosso encontro. Jesus tomando a iniciativa de nos salvar, vindo como homem, sofrer nossas dores, vivendo como um de nós.
Se você não quer comemorar o natal, como muitos cristãos já tem feito. Tudo bem. Você têm bons motivos para não comemorar. Como os que estão NESTE ARTIGO onde os símbolos pagãos do natal são revelados, até mesmo o dar presentes. Se quiser comemorar, comemore Jesus. Não deixe o paganismo entrar em sua casa. Papai Noel é um ídolo e deve ser desprezado. Seja esperto, use esta data para evangelizar, ganhar vidas, exaltar Jesus!
Creio que simplesmente nos isolarmos e não comemorarmos o natal pode ser uma burrice, pode ser até um anti-evangelismo. Penso ser possível como cristão, comemorar o Natal de uma maneira que agrade o Senhor.
“Todas as coisas são puras para os puros; todavia, para os impuros e descrentes, nada é puro. Porque tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas”. Tt 1.15
Precisamos ser espertos. Mt 10.16 16 NTLH “– Escutem! Eu estou mandando vocês como ovelhas para o meio de lobos. Sejam espertos como as cobras e sem maldade como as pombas”.
Abaixo, informações sobre o Natal retiradas de http://pt.wikipedia.org/wiki/Natal
De acordo com o almanaque romano, a festa já era celebrada em Roma no ano 336 d.C.. Na parte Oriental do Império Romano, comemorava-se em 7 de janeiro o seu nascimento, ocasião do seu batismo, em virtude da não-aceitação do Calendário Gregoriano. No século IV, as igrejas ocidentais passaram a adotar o dia 25 de dezembro para o Natal e o dia 6 de janeiro para Epifania (que significa "manifestação"). Nesse dia comemora-se a visita dos Magos.
Segundo estudos, a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs que os vários povos celebravam por altura do solstício de Inverno.
Portanto, segundo certos eruditos, o dia 25 de dezembro foi adotado para que a data coincidisse com a festividade romana dedicada ao "nascimento do deus sol invencível", que comemorava o solstício de inverno. No mundo romano, a Saturnália, festividade em honra ao deus Saturno, era comemorada de 17 a 22 de dezembro; era um período de alegria e troca de presentes. O dia 25 de dezembro era tido também como o do nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude.
As evidências confirmam que, num esforço de converter pagãos, os líderes religiosos adotaram a festa que era celebrada pelos romanos, o "nascimento do deus sol invencível" (Natalis Invistis Solis), e tentaram fazê-la parecer "cristã". Para certas correntes místicas como o Gnosticismo, a data é perfeitamente adequada para simbolizar o Natal, por considerarem que o sol é a morada do Cristo Cósmico. Segundo esse princípio, em tese, o Natal do hemisfério sul deveria ser celebrado em junho.
Há muito tempo se sabe que o Natal tem raízes pagãs. Por causa de sua origem não-bíblica, no século 17 essa festividade foi proibida na Inglaterra e em algumas colônias americanas. Quem ficasse em casa e não fosse trabalhar no dia de Natal era multado. Mas os velhos costumes logo voltaram, e alguns novos foram acrescentados. O Natal voltou a ser um grande feriado religioso, e ainda é em muitos países.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...