Em busca da paz: O pescador e o chacreiro.

Paz. Quem não a deseja? Mesmo quem não a conhece, mesmo quem diz amar a guerra, todos buscam paz. Os guerreiros empunham a espada. Qual seu objetivo? Derrotar o inimigo para ter paz.
O pai trabalha, a mãe também. Estão se economizando para terem um filho e não querem ficar em uma correria desenfreada por recursos de ultima hora para criar o infante; o que buscam senão paz para cria-lo?
O rapaz que foi expulso de casa porque engravidou uma moça, sai perambulando e resolve usar drogas para ‘viajar’, fugir um pouco da realidade: Ele deseja um minuto de paz!
Hitler e Stalin? Impuseram aquilo que julgavam ser o melhor e ao final, anelavam ter paz para reinar em um mundo melhor...
Os que buscam poder, os que buscam fama... Correm desesperados atrás de paz. Feiticeiros e o bom padeiro da esquina, também querem paz. O lavrador que cuida com tanto cuidado de seus bois e recusa as facilidades da cidade, preferindo antes o doce som da cachoeira, julga ser aquele um lugar onde poderá encontrar a paz.
Alguns dizem que ela está escondida atrás de uma colina chamada “muito” e outros dizem que ela está no pólen de uma flor denominada “simplicidade”.
No antigo testamento, a paz era até mesmo a saudação entre o povo de Deus, costume que hoje não difere muito. Porém, hoje não compreendemos todo o sentido de dizer “A paz do Senhor” ou “Graça e paz”.
A paz de Cristo é algo muito maior do que tranquilidade. Essa paz é o que chega mais perto de aquilo que chamamos de felicidade (acho que Ed René falou isto ou algo semelhante).
Em primeiro lugar, não podemos ter paz em um estado de constante transgressão. Uma coisa é o filho relapso que por não estudar sempre tem dificuldade no ler. Outra é o filho dedicado que ainda assim tropeça em muitas palavras. Sem paz? Tens sido um filho dedicado? Precisamos abandonar o pecado, nos dedicarmos ao amor.
Em segundo lugar, quero te dizer que sem trabalho não existe paz. Você existe para servir. Quando não trabalhamos perdemos nossa identidade e sentido, logo, ficamos ansiosos correndo atrás de mil coisas sem nunca encontrar a saciedade. Você precisa encontrar em Deus sua vocação e trabalhar intensamente nisto! Muitas pessoas não tem paz porque não trabalham ou, trabalham em algo que o Senhor nunca desejou. Mais do que ser trabalhador, falo do termo bíblico servo (escravo). Sem trabalharmos uns para os outros, não teremos paz, pois, Deus não nos criou para o egoísmo nem para o orgulho. Ele nos fez seres comunitários!
E agora, o principal. Sem um relacionamento verdadeiro com Deus é impossível ter paz! Jesus é o príncipe da paz. De modo que sem Jesus em sua vida não existe paz! Ora, se você possui uma fazenda com um belo açude cheio de peixes e eu quero pescar todos os dias, se não pedir, precisarei furtivamente pesca-los durante a noite, todavia, antes do nascer do sol precisarei estar longe e a cada dia estarei correndo o risco de me dar muito mal. Melhor será se eu pedir a você que me deixe morar em sua chácara e pescar nela todos os dias! Assim sem medo, poderei sempre pescar! Jesus é o dono desta chácara. Alguns por atalhos tentam roubar alguns peixes, mal sabem que o dono da chácara deseja que nela habitem e pesquem quanto peixes desejarem!
A paz existe quando estamos bem com Deus, conosco e com o próximo. Sem paz adoecemos, brigamos... Estragamos tudo, pois uma pessoa sem paz é qual fera descontrolada, destruindo tudo ao seu redor. Sem paz, perdemos o emprego, a família... Sem paz, muitos acabam buscando, em um último grito de desespero, um minuto de paz no suicídio, nas drogas, na libertinagem. Entretanto em tais lugares não poderão encontra-la.
Concerte sua vida com Deus e não importa o que aconteça ao seu redor, a paz reinará em teu coração.

“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo”. [Jesus Cristo] Jo 14.27

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...