Ovelha, bode ou pastor.

Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. Ef 4.2.
O chamado a Cristo é o chamado a ser ovelha. Humildes e dóceis, pacientes e amorosos... Ah se fosse assim! Na verdade, o que mais têm é bode dando cabeçada. Pastorear é algo sério e às vezes bem cansativo, principalmente quando não é este seu dom ministerial. Mas, como tudo interage, acabamos pastoreando também. Na verdade, poucos são os pastores que de fato são pastores.
Se fosse só isso tudo bem. A coisa complica mesmo é quando algumas ovelhas dão uma de bode e começam a cabecear o pastor! Credo! Isso não pode ser ovelha, ou pelo menos, é uma ovelha bem esquisita. Quando a ovelha é humilde, dócil, paciente, amorosa então fica fácil. Podemos ajuda-la, ensiná-la e repreender quando necessário. Elas sempre estão contentes, pois sabem que isso é para o seu bem. As rebeldes, não querem saber de ensino e muito menos repreensão. Ao menor sinal de confronto fogem! Reclamam, brigam, gritam...
Então, qual o seu personagem nessa história?

2 comentários:

Anônimo disse...

É rúim, hein?
O marido do bode é a cabra.
O marido da ovelha é o "ovelho".
O 1º é caprino e o 2º é ovino.

Lamento, mas seu conhecimento de zoologia matou sua philosophia.
Tente outra.

Abraços.

O Abutre

SBKAUER disse...

Caro Abutre.
De fato, o "marido" como você se refere, da ovelha é o carneiro e do bode a cabra. Onde foi que você leu algo diferente disto? Estou fazendo uma comparação entre o feminino de uma espécie e o masculino de outra.
Leia novamente com mais atenção. Além do que, essa é uma simples reflexão sobre a vida cristã, não é filosofia. Se quer ler meus escritos sobre filosofia, procure a tag "filosofia" na barra lateral, sob o título "temas".
Obrigado por sua visita. Abraço.

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...