O justo calor

Por entre as muitas pedras desta jornada

Por entre os espinhos,

Sem ter fixa morada...


Vou andando,

Admirando o belo da criação.

Amando,

O Deus da minha salvação!


Ainda que haja dias sombrios

E a alma habite no inverno.

Ainda que longos sejam os dias frios

O gelo não será eterno.


O Sol da Justiça já brilha

E tudo há de revelar.

A que é do Diabo filha

Logo irá se acabar!


E quando cair a mentira

A verdade reinará.

Não haverá espaço para a calúnia

E a difamação findará!


Os mentirosos serão humilhados

E os de mau desígnio derrotados.

O Juiz se levantará

E sua justa sentença prevalecerá!

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...