Saudades


Vivendo num mundo rodeado de tantas coisas
Às vezes esquecemos que não as somos.
Vivendo num mundo de tantas gentes
Às vezes esquecemos que as somos.

Quando o sol vem forte
Sentimos seu ardor
E o coração se enche de fervor.

Ao ouvir a doce chuva
Brota no ser grande paz
E o verde predomina dentro da moldura.

Moldura simples
O rústico retângulo da janela.
E simplesmente explico
Mudar de estado é coisa bela

Em cada lugar uma lição
E ao devagar o pensamento
Passeiam as lembranças
Trazendo-me grande emoção.


Goteja a chuva marcando o compasso
A mente viaja
Sonhando do antigo amigo
Receber um novo abraço.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...