Cristianismo, presente e futuro



O que somos? Discípulos de Jesus, comumente chamados de cristãos. Desde o início do cristianismo, o que os identificava era o viver segundo os ensinamentos das Escrituras. Jesus vem até a terra, vive o “espírito” (2Co 3.6 ARA) da lei e nos ensina como devemos vier. Os seguidores, inspirados pelo Espírito Santo (2Tm 3.16 NTLH) completam o que hoje chamamos de Bíblia!
Em Jo 8.31-32 Jesus deixa a clara orientação que um verdadeiro discípulo seu é aquele que vive segundo a Sua Palavra. Assim, vemos que a Bíblia é a regra de fé do cristianismo e devemos viver segundo TUDO o que nela está escrito (Js 1.8 ARA) e assim se cumprirá em nós uma vida plena, uma vida abundante. (Jo 3.16).
Mas o que temos visto ultimamente? Temos visto um afastar crítico das escrituras. Cada vez mais se fixa a vida cristã em revelações subjetivas, o chamado, “senti de Deus” e menos nas escrituras. É lógico que você pode “sentir de Deus”, mas JAMAIS Ele revelará algo que contrarie sua própria Palavra! E o que isso tem gerado? Tem gerado um reino dividido. Os cristãos brasileiros estão se destruindo, lutando um contra o outro. Enquanto isso, o espiritismo cresce absurdamente tanto em suas manifestações kardessistas como afro-brasileiras. Os políticos continuam buscando reger leis que apóiem o catolicismo. E pior, um senso comum liberal vai infectando inclusive o povo de Deus. Claro que não podemos obrigar ninguém a ser cristão, mas não podemos aceitar que nossa liberdade seja suprimida, não podemos aceitar que o cristianismo seja tido como algo prejudicial à sociedade! Não podemos deixar que o cristianismo seja feito de exclusivamente de subjetivismo místico, mas também não podemos deixar que seja feito um senso comum liberal! Do jeito que as coisas andam, não estamos longe da proibição da evangelização! Afinal, o liberalismo de nosso século é contraditório, pois enquanto tudo é permitido o cristianismo é proibido. Inclusive, em algumas culturas, já é expressamente proibido ganhar alguém para Jesus! Ações proselitistas são vistas pela sociedade de hoje como uma atitude de religiosos fundamentalistas e ignorantes. Defendem que outros segmentos religiosos fazem tão bem ou mais que o cristianismo a sociedade; o que em parte pode até ser verdade. No entanto, só no cristianismo a pessoa recebe a vida eterna! Podem os outros até não crer nisso, mas nós cristãos, precisamos crer vigorosamente nisso, pois senão o cristianismo será dizimado! Claro que Deus pode até salvar pessoas que não são cristãs, mas com todo respeito, isso é da alçada de Deus não nossa. A nossa missão, é obedecer a Ele através daquilo que a Bíblia ensina. E o que lá está escrito é “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado. Mc 16.15-16” Então se Deus, vai salvar alguém a quem Ele se revelou particularmente e que creu, isso é com Deus, o que tange a nós, os cristãos, é que recebemos a ÓRDEM de pregar o Evangelho a TODAS as pessoas do mundo, independentemente de serem europeus, asiáticos, africanos, índios ou de qualquer outro povo! Nem quero entrar muito neste artigo na questão de quem vai ou não ser salvo, o que estou afirmando é que se você é um cristão, tem a OBRIGAÇÃO de ganhar vidas para Jesus e que se não fizer isso estará EM PECADO! Isso mesmo. Evangelizar não é uma opção, é uma obrigação de todo cristão. Então se você não evangeliza por amor aos perdidos que vão passar a eternidade sendo queimados no inferno com o diabo, então pelo menos evangelize por amor a si mesmo (egoísta) para que não vá juntamente perecer com aqueles com quem nunca se importou. E quando entender que evangelismo sem amor não funciona, talvez você se converta e passe a ganhar muitas vidas para Cristo! É uma desgraça o que temos feito com a “imagem” do cristianismo, desse jeito nem é de se admirar que o cristianismo esteja sendo considerado desnecessário. Abra a boca amado irmão! Você tem a Verdade em sua boca, o mundo precisa dela! Viva a Bíblia, pregue a Bíblia! E se te chamarem de “quadrado” lembre do dito popular que diz: “Prefiro subir quadrado do que descer redondo”.
De tanto medo de ofender os outros e parecer “chato” e sob o pretexto de falar na “hora certa” acabando nos omitindo e perdendo muitas oportunidades. Veja o texto abaixo.
2Tm 4.1-4 NTLH “1Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que julgará todos os seres humanos, tanto os que estiverem vivos como os que estiverem mortos, eu ordeno a você, com toda a firmeza, o seguinte: por causa da vinda de Cristo e do seu Reino, 2pregue a mensagem e insista em anunciá-la, seja no tempo certo ou não. Procure convencer, repreenda, anime e ensine com toda a paciência. 3Pois vai chegar o tempo em que as pessoas não vão dar atenção ao verdadeiro ensinamento, mas seguirão os seus próprios desejos. E arranjarão para si mesmas uma porção de mestres, que vão dizer a elas o que elas querem ouvir. 4Essas pessoas deixarão de ouvir a verdade para dar atenção às lendas.”
Eu não vou parar de anunciar a verdade porque as pessoas não gostam de ouvi-la! Não vou deixar de anunciar as “Boas-Novas” por causa de pessoas que tem “coceira” (v. 3 ARA) nos ouvidos! Eu vou obedecer a Jesus e convido a quem quiser a vir comigo... Abraço, Sidinei.
Verdades salientes que precisamos proclamar:
Dt 18.10-13 NTLH “Não ofereçam os seus filhos em sacrifício, queimando-os no altar. Não deixem que no meio do povo haja adivinhos ou pessoas que tiram sortes; não tolerem feiticeiros, 11nem quem faz despachos, nem os que invocam os espíritos dos mortos.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário isso nos ajudar a crescer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...