Josué vs Jericó: O Discípulo Extraordinário conta Muralha Intransponível

De Abraão à Terra Prometida: Inspire-se em Josué; o homem que descobriu o segredo para transpor o intransponível e vencer o indestrutível! Acompanhe-o nessa jornada pitoresca e sobrenatural, onde o inimaginável acontece e a ajuda vem de onde menos se espera.



Jericó vs Josué. A potência bélica contra o discípulo fiel.

A muralha indestrutível contra o discípulo extraordinário!

Introdução.

Abraão, o grande patriarca do povo de Israel, percorreu Canaã. Porém, ainda não havia se completado a medida da iniquidade daquele povo (Gn 15:16). Deus sabia que o povo daquela região viria a pecar tanto que a própria terra os vomitaria (Lv 18:28). Porém, isso ainda não havia acontecido. Anos passam, o povo vai para o Egito e lá prospera grandemente. Até que surge um Faraó opressor, provavelmente de outra dinastia. O Senhor levanta Moisés que o liberta com mão forte e grandes sinais.
Eles atravessas o Mar Vermelho e com muitas murmurações, chegam próximos da Terra Prometida. Doze espias são destacados por Moisés em missão de reconhecimento. Ao voltarem, qual a surpresa: Aquela terra possuía cachos de uvas tão grandes, mas, tão grandes que dois homens eram necessários para carregar um único cacho! Não apenas as uvas eram enormes. Havia lá gigantes. Homens que talvez chegassem a incríveis 4 metros de altura (Dt 3:11)!
Dez espiões ficaram apavorados. Disseram que seriam devorados, destruídos, que morreriam. Por sua vez, Deus algo do tipo: Ok. Se é isso que vocês querem é isso que farei (Dt 14:28-30); e de 2 milhões de pessoas que saíram do Egito, apenas 2 entrariam na terra prometida. Por que? Porque tiveram outro espírito, outra mentalidade (Nm 14:24). O povo então por 40 anos passa vagando pelo deserto, debaixo da liderança de Moisés. Este, seguido de perto por seus discípulos: Arão, Hur e Josué (Ex 17:10). Além destes, chefes de mil, de cem, de cinquenta e de dez (Ex 18:25); tudo muito bem organizado, como em uma igreja em células.
Moisés se torna avançado em dias. É hora de passar o bastão. Quem seria seu sucessor? JOSUÉ (Dt 1:38)! É aqui que começa nossa história de hoje.

Sucedeu, depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que este falou a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: 2 Moisés, meu servo, é morto; dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. 3 Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés. Josué 1:1-3.

A primeira coisa que vemos ser necessária aqui é DISPOSIÇÃO. Era necessário que Josué tivesse disposição para enfrentar os desafios que estavam por vir. Deus nos assegura a vitória, porém, sempre resta um fazer que cabe a nós. Há sempre um esforço que Jesus deixa para nós realizarmos.
As promessas de Deus para Abraão, Isaque, Jacó e Moisés agora, eram as promessas de Deus feitas a Josué. Preste atenção: Quando você, de fato se coloca debaixo da cobertura de seu líder. Quando de fato se posiciona como um verdadeiro filho; as promessas de Deus dadas a ele e aos líderes dele passam a ser também as suas promessas! E se todo o lugar onde ele (Josué) pusesse o pé lhe seria dado por herança, logo: O tamanho da conquista é determinado pelo tamanho da fé! Afinal, fé nunca é apenas um pensamento. Fé não é apenas um estado de espírito. A verdadeira fé é crer e agir (cf. Hb 11:1; Tg 2:26).
Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Js 1:5.

NADA NEM NINGUÉM PODE IMPEDIR VOCÊ DE CUMPRIR OS PROPÓSITOS DE DEUS. Exceto você mesmo (Rm 8:35-39). Lembre-se de tudo que Deus já fez na vida de seus líderes (Lm 3:21)! Pense nos sinais, nos livramentos, no sustento… O que Deus fez na vida deles é um legado sobre você! Não apenas você pode fazer tudo que os viu fazer (Jo 14:12; 5:19) como o que Deus fez na vida deles pode fazer na sua também! E quanto ao que seu avô fez? Alinhe-se com seu pai e torne-se herdeiro também! A Submissão não está apenas relacionada ao funcionamento da Igreja. Ela regulamenta o fluir da unção! Filhos tem herança: genética e material; comportamental e sobrenatural. Basta olharmos para Jesus, Pedro, Eliseu e Josué.
Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Js 1:6.

Mais uma vez Deus faz e nos dá o crédito. Impressionante. E mais uma vez, o filho recebe a herança do pai. Também o foi assim quando Salomão herdou bênçãos e misericórdia simplesmente por ser filho de Davi.

Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. Js 1:7.

CORAGEM: A prerrogativa da FÉ. Deus já havia prometido. Bastava saltar nesta certeza. Como naquela brincadeira ‘pulo da fé’. A pessoa é presa por cabos de segurança e sobe em um poste. Então precisa atirar-se lá de cima, ‘crendo’ que os cabos vão sustê-la sem machucar. A única diferença é que na fé, você não enxerga os cabos. Todavia, eles estão ali sim!
O desafio de Josué não era reinventar o povo de Israel. Era continuar de onde Moisés havia parado. Ele precisava lembrar-se de tudo quanto Moisés havia dito e partindo dali, avançar. Não devemos nos achar mais espertos que nossos líderes. Antes, honrar o que nos ensinaram e continuar edificando de onde pararam. Lembre-se dos conselhos de teus líderes. Memorize-os, anote-os. Honre sua presença. HONRA = SUCESSO!

Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. Js 1:8.

Como já bem sabemos, o sucesso depende da obediência a escritura. De obedecê-la com coragem, independentemente do que o mundo disser sobre isso.

Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares. Js 1:9.

Não se apavore nem se escandalize. Se Deus te faz grandes desafios é porque deseja te promover. Deus queria promover Baraque. Ele teve medo, então Deus promoveu Débora. Deus oportunizou Saul, todavia, ele ficou apavorado e Davi foi promovido.

Então, responderam a Josué, dizendo: Tudo quanto nos ordenaste faremos e aonde quer que nos enviares iremos. 17 Como em tudo obedecemos a Moisés, assim obedeceremos a ti; tão-somente seja o SENHOR, teu Deus, contigo, como foi com Moisés. 18 Todo homem que se rebelar contra as tuas ordens e não obedecer às tuas palavras em tudo quanto lhe ordenares será morto; tão-somente sê forte e corajoso. Js 1:16-18.

Honrar nossos líderes atrai a honra de nossos liderados. Em suma, colhemos o que plantamos também nessa área. O zelo de Josué por Moisés atraiu o zelo do povo por Josué. E que promessa de honra esse povo faz a Josué!

Vemos aqui claramente que do líder é necessário fé (coragem, ousadia) e do povo obediência. Deus revela sua vontade ao líder que por sua vez convoca o povo obediente para colocá-la em prática.


Agora, Josué está firmado como líder. Tudo pronto. É hora de entrar na Terra Prometida. Mas esperem. Existe um Empecilho: JERICÓ. Cidade que hoje, depois de várias mudanças e reconstruções, segundo estudiosos, conta com 11mil anos!
Haveria nesta cidade gigantes? Não bastasse isso, as muralhas eram enormes. Tão gigantescas que chegaram a construir casas sobre elas (Js 2:15). Há quem diga que eram 2 muros. Um com 2m de largura e outro com 4; as casas sobre os muros fariam a ligação entre um e outro. Independentemente disso, era uma muralha de aproximadamente 6m de espessura! Será que naqueles dias, existia alguma tecnologia bélica capaz de destruir tais muralhas? Talvez por volta de 1400 a.C.

Agora o discípulo fiel, o líder exemplar; o grande homem de Deus está diante de um obstáculo aparentemente intransponível! Quem nunca passou por uma situação assim? Um desafio que simplesmente não tem como ser resolvido.

Jesus olhou para eles e respondeu: "Para o homem é impossível, mas para Deus não; todas as coisas são possíveis para Deus". Mc 10:27.
Sim, para Josué era impossível tripudiar sobre Jericó e conquistar Canaã. Para os homens era impossível. Apenas JESUS seria capaz de penetrar aquela cidade.

--

A ajuda que vem de onde ninguém espera.

De Sitim enviou Josué, filho de Num, dois homens, secretamente, como espias, dizendo: Andai e observai a terra e Jericó. Foram, pois, e entraram na casa de uma mulher prostituta, cujo nome era Raabe, e pousaram ali. Js 2:1.

Quando o imenso desafio aparece, a ajuda surge de onde menos se imaginava. De uma prostituta! E como se não bastasse, tudo indica que uma prostituta cultual, a julgar pela cultura iníqua e pagã de Jericó. É bem possível que Raabe se prostituísse como forma de culto aos deuses pagãos.
Bem sei que o SENHOR vos deu esta terra, e que o pavor que infundis caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra estão desmaiados. 10 Porque temos ouvido que o SENHOR secou as águas do mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito; e também o que fizestes aos dois reis dos amorreus, Seom e Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes. 11 Ouvindo isto, desmaiou-nos o coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o SENHOR, vosso Deus, é Deus em cima nos céus e embaixo na terra. Js 2:9-11.

Vejam só! Deus havia tocado no coração daquela mulher! Ao observar tudo ao redor; ao ouvir as notícias comparou-as com sua religiosidade e chegou a uma conclusão: Esse Deus dos hebreus não apenas existe, como é superior a tudo e todos! Impressionante! A Graça do Senhor havia chegado!

Temos então dois personagens emblemáticos na conquista de Jericó! De um lado Josué, filho de um grande líder de Israel (Num) e discipulado por Moisés desde pequeno. Naqueles dias, não havia ninguém tão excelente como Josué! Era a figura da perfeição. Do outro, Raabe. Prostituta, idólatra, machucada, abusada, tachada, usada como objeto. Uma vida em frangalhos.

Porém, o Deus Todo Poderoso, com Sua Escandalosa Graça, iguala os pesos na balança e resolve usar Josué e Raabe para conquistar Jericó. Isso se chama GRAÇA. Por mais estereotipada que fosse Raabe, Deus a escolheu como seu instrumento para animar o coração dos espias!
Um milhão novecentos e noventa e nove mil novecentos e noventa e oito Israelitas, entre eles Moisés, Arão e Hur… Não entraram em Canaã. Milhares e milhares de cananeus foram exterminados. Porém a prostituta Raabe, ao arrepender-se de seus pecados e reconhecer O SENHOR é perdoada e recebe licença para morar na terra prometida!
Fantástico! Ei! Não sei qual é a sua história. Talvez um cristão de berço que hoje está diante de uma muralha intransponível e se pergunta: “Meu Deus, por que isso”? Ou um pecador inveterado, que cansou dessa vida e hoje arrepende-se e reconhece que O SENHOR É DEUS. Seja o seu caso o primeiro ou o segundo, humilhe-se diante do Senhor e tenha fé! Porque Ele não rejeita um coração quebrantado e contrito! (Sl 57:17).
Além do mais, não rejeite teu irmão que foi resgata depois de muito ter errado e não menospreze aquele que desde cedo conheceu ao Senhor. Um e outro a Ele pertencem (Rm 14:4; Mt 20).

Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo SENHOR que, assim como usei de misericórdia para convosco, também dela usareis para com a casa de meu pai; e que me dareis um sinal certo 13 de que conservareis a vida a meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm, e de que livrareis a nossa vida da morte. 14 Então, lhe disseram os homens: A nossa vida responderá pela vossa se não denunciardes esta nossa missão; e será, pois, que, dando-nos o SENHOR esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade. 15 Ela, então, os fez descer por uma corda pela janela, porque a casa em que residia estava sobre o muro da cidade. Js 2:12-15.

Raabe toma uma decisão difícil. VER A MORTE DE SEU MUNDO E DE SUA VELHA VIDA para tornar-se uma NOVA CRIATURA (2Co 5:17).
se, vindo nós à terra, não atares este cordão de fio de escarlata à janela por onde nos fizeste descer; e se não recolheres em casa contigo teu pai, e tua mãe, e teus irmãos, e a toda a família de teu pai. Js 2:18.

Ela pendura (v.21) um fio de escarlata em sua janela, enquanto que um fio vermelho percorre seu interior. O Sangue de Jesus, conhecido antes dos séculos (1Pe 1:20) e das gerações, porém manifesto em nossos dias, percorre e purifica aquela mulher.
Os membros de sua CÉLULA estariam a salvo (v. 19).

Josué Madruga (Js 3:1), e conclama o povo a santidade:

Disse Josué ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o SENHOR fará maravilhas no meio de vós. Js 3:5.

Santo é algo/alguém separado para uma finalidade específica. Precisamos viver em santificação. E no verso 7, o Senhor promete a Josué firmá-lo ainda mais como líder.
e, quando os que levavam a arca chegaram até ao Jordão, e os seus pés se molharam na borda das águas (porque o Jordão transbordava sobre todas as suas ribanceiras, todos os dias da sega), 16 pararam-se as águas que vinham de cima; levantaram-se num montão, mui longe da cidade de Adã, que fica ao lado de Sartã; e as que desciam ao mar da Arabá, que é o mar Salgado, foram de todo cortadas; então, passou o povo defronte de Jericó. Js 3:15-16.

O grande rio, caudaloso em período de cheia, abre passagem para o povo de Deus passar a pé seco. Enfim, estavam em Canaã. Porém, isso não significava que as lutas haviam acabado!
Na verdade, o desafio continuava ali diante deles.

---

No capítulo 5 (v.2), o Senhor exige uma contrapartida do povo. Precisariam ser circuncidados. Ora, uma cirurgia íntima como essa por motivo religioso, denotava um algo nível de comprometimento. Ninguém sai por aí cortando uma parte de si mesmo por algo que não acredita de verdade. A circuncisão era um sinal da aliança com Deus no Antigo Testamento. No Novo Testamento, o Batismo nas Águas é nosso sinal de aliança. Porém, ambos ilustram algo que de fato, acontece no coração: Uma aliança com Deus.
Por isso que insistimos, por exemplo, para que as pessoas venham até a frente nas ministrações. Sinais externos muitas vezes expressam o nível da devoção interna.

Estando Josué ao pé de Jericó, levantou os olhos e olhou; eis que se achava em pé diante dele um homem que trazia na mão uma espada nua; chegou-se Josué a ele e disse-lhe: És tu dos nossos ou dos nossos adversários? 14 Respondeu ele: Não; sou príncipe do exército do SENHOR e acabo de chegar. Então, Josué se prostrou com o rosto em terra, e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo? 15 Respondeu o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim. Js 5:13-15.
JESUS aparece em uma teofania diante de Josué. ELE, o próprio veio a terra com sua espada na mão, desembainhada, pronta para cortar as muralhas de Jericó como se fossem papel! Enquanto Moisés tivera a honra de ver o calcanhar do Pai; Josué tem o privilégio de ver o Filho.
JESUS é o guerreiro vitorioso que luta por nós (Js 10:14) e vence as nossas batalhas!
E como de fato vieram por terra as indestrutíveis muralhas?

Gritou, pois, o povo, e os sacerdotes tocaram as trombetas. Tendo ouvido o povo o sonido da trombeta e levantado grande grito, ruíram as muralhas, e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e a tomaram. Js 6:20.

Se antes, o povo não pode entrar na terra prometida por causa da murmuração e da desobediência; agora, avançam sobre Canaã com gritos de adoração, puxados por seu líder Josué.
O povo unido, crendo na Palavra de Deus e em unidade seguindo seu líder avançam sobre a Terra que mana leite e mel. E o que sucedeu com Raabe? Foi poupada. Não apenas isso, casou com um dos príncipes de Israel, Salmon de Judá (Mt 1:5), e foi trisavó (mãe do bisavô) de Davi e por tal, de sua linhagem nasceu JESUS!

Não importa qual sejam suas muralhas. O que importa é quem é o seu Deus. Porque a beleza é passageira. A medicina é limitada. O poder é transitório. E o dinheiro não pode comprar tudo. Mas para Deus, não há impossíveis!

MINISTRAÇÃO:

Qual é a sua muralha hoje? Quais são os seus gigantes?
 


 

Procrastinação

Ainda não é o tempo de Deus ou estou procrastinando? Ouça essa mensagem e aprenda a discernir entre as desculpas e o tempo de Deus. Ah! Não deixe pra amanhã, é rápido!

Amor & Comunhão

Amor é a essência de Deus e por tal, precisa ser a essência da Igreja de Jesus. A prova de que esse amor está em nós é a comunhão; é o nos fazermos próximos de todos os distantes. Esta mensagem visa estimular o Ágape na Koinonia.

Incentivo a leitura do texto abaixo. Ele contém vários detalhes que não estão no áudio.



Amor e Comunhão.

Boa noite amados irmãos, que a graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo estejam com cada um de vocês.
Ontem eu estava jantando na casa do Diego e lá estavam também a família do Claudiomar e do Cláudio. No meio da refeição olhei para eles e disse: “É sobre isso que vou pregar amanhã”. Depois de um breve silêncio e olhares interrogativos, a pastora Tássia disse: “Ah, o pastor não sabia o que pregar domingo e agora resolveu pregar sobre tudo que está acontecendo aqui”.
Não era bem isso que eu estava querendo dizer. O Espírito Santo já havia me passado a direção e o conteúdo da mensagem de hoje. Porém, de fato, naquela janta pude ver de forma prática sobre o que eu ministraria hoje. Não apenas na janta. Rebobinando a fita, antes disso, turante a tarde já havia experimentado muito disso no aniversário da Tainá e naquela manhã, almoçando com meu sogro… E na noite anterior, no encerramento do GT da Formosa…
Entre risadas, comidas, rodas de bate papo e conversas a dois… Pude ver o Reino de Deus se manifestando. Sorrisos, esclarecimentos, exortações e até evangelismo. Tudo acontecendo em um ambiente natural, fluindo organicamente. Afinal, somos quem somos onde quer que estivermos. Um inglês hoje em nosso meio, nos tornaria um pouco mais britânicos e nos, com certeza, o tornaríamos muito mais brasileiro. Amor e Comunhão são contagiantes e transformadores, muito mais do que qualquer método ou programação!

Eis então o nosso tema de hoje: AMOR E COMUNHÃO.

Em 2004 escutei uma pregação do Pr. Alejandro Bullón: Segundo ele, desde pequeno detestava mamão. Não gostava do sabor, do cheiro… Nada! Não podia ver mamão em sua frente. O tempo passou e ele casou. No primeiro café da manhã ele se depara com a seguinte cena: Uma linda mesa de café da manhã preparada e a esposa, muito animada com um enorme sorriso. E o prato principal: MAMÃO! Ele sentiu-se com uma imensa vontade de agradecer tudo, mas, explicar que detestava mamão. Porém, era o primeiro café da manhã do casal e ela queria muito agradá-lo, fazer o melhor.
Passado aquele dia, chega a hora do café da manhã novamente. Quando Alejandro olha para a mesa: MAMÃO! Ele olha para o mamão, olha para a esposa e se imagina comendo mamão papaia em todos os cafés da manhã pelo resto de sua vida…
Pergunta: “Amor, você gosta mesmo de mamão não é mesmo”. E ela respondeu: “Sim, não há nada que eu goste mais de comer do que mamão”. Naquele instante o Pr. Bullón tomou uma decisão: Eu vou comer mamão, eu vou aprender a amar mamão! E sabem de uma coisa? O Alejandro não apenas come, mas, deseja muito comer mamão todos os dias em seu café da manhã!

O amor nos leva a ter comunhão. A comunhão rega o amor. O amor é força motriz do universo, afinal, “Deus é amor”. Esse amor que Deus é se chama Ágape. E por favor, não estou aqui falando de denominação evangélica. O Novo Testamento foi escrito em grego. E os gregos possuíam várias maneiras para falar sobre amor. A mais sublime delas é o Ágape! “Deus ágape o mundo de tal maneira”… A Lei de Moisés já falava sobre amor e comunhão. Tanto que Jesus respondeu dessa maneira, resumindo a lei:

Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?” Respondeu Jesus: “ ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”. Mateus 22:34-40.

E Paulo, inspirado pelo Espírito Santo nos revelou que toda a Lei e os Profetas, ou seja, que o Antigo Testamento se resume em “Amor & Comunhão”.

Toda a Lei se resume num só mandamento: “Ame o seu próximo como a si mesmo”. Gálatas 5:14.

Você consegue imaginar que em sua revelação progressiva, Deus usa 2/3 da Bíblia para dizer: “Amem a Deus sobre tudo e ao próximo como a si mesmo” (Mc 12:33)?

PRESTE ATENÇÃO: Se você não conseguir amar a Deus acima de tudo (como falamos mensagem ‘O 1º Mandamento’ e ‘Intimidade com o Espírito Santo’) e ao próximo como a si mesmo, você está quebrando todas as regras do AT! Porém, vamos resumir isso. Como ensinou a Pra. Mara Enke na CRV-RS 2017: “Amar a Deus é fácil, quero ver amar os perdidos”.
Se você não ama o próximo, quebrou o AT.
Peraí, vamos além. Qual o conceito de ‘próximo’ para Jesus? O conceito de próximo adotado por Jesus é por deveras expandido.

“Qual destes três você acha que foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?” “Aquele que teve misericórdia dele”, respondeu o perito na lei. Jesus lhe disse: “Vá e faça o mesmo”. Lucas 10:36-37.


O conceito de ‘próximo’ de Jesus inclui os ‘distantes’. O Conceito de próximo de Jesus inclui os ‘desafetos’ samaritanos. Inclui o filho pródico!!! Sim, isso mesmo. Inclui aqueles Samaritanos sincréticos que misturam o Culto ao Senhor com o culto a imagens. Que misturam a cultura judaica com a pagã e tantas outras superstições. Inclui o filho pródigo (Lc 15:11-32), aquele desgraçado que pegou o dinheiro do pai e gastou tudo com cerveja, canha, bailão, churrascadas, boates e prostitutas.
IMPRESSIONANTE. Na visão de Jesus, ou amamos todas as pessoas ou estamos sendo rebeldes contra 2/3 da Bíblia! Se não conseguirmos amar os filhos pródigos e os samaritanos, não conseguiremos amar a Deus com amor Ágape!
Pois Jesus e Paulo nos mandam Amar o sanguinário Pilatos e o promíscuo Herodes; obedecer e pagar impostos aos demoníacos Césares e sermos generosos com os abusivos soldados romanos…
Agora, Jesus pegou mais pesado ainda!!! Uau! Sim, Jesus além de cumprir totalmente o AT, de amar a todos a ponto de morrer por todos; nos deixou um NOVO mandamento. Algo que supera toda a revelação dada por Deus até aquele momento:

"Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. João 13:34

“Pastor, mas, isso não tem nada de novo”. Ah, tem sim! Porque até aqui a questão era amar ao próximo como a si mesmo. Já aqui, é amar ao próximo como Jesus nos amou!!!

É como se depois de um intervalo de milhares de anos Deus estivesse respondendo o assassino Caim (Gn 4:9): Sim, você era o guardião de seu irmão; deveria estar disposto a dar a sua vida pela dele, não a matá-lo.

Todavia, Adão já colocou a culpa em Eva. Era mais fácil matar do que morrer por alguém. Pense comigo. Deus não havia dito que comer da árvore era morte certa? Quando Deus aparece para acertar as contas com eles, o que Adão faz? “Toma Deus, tá aqui a culpada, mate ela”!
Parece que é mais fácil matar do que morrer. Precisamos cumprir Filipenses 2:3.

Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a vocês mesmos. Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros.. Fp 2:3,4.

Vá cuidar da vida dos outros!
É mais fácil sapatear no culto do que convidar alguém para jantar.
É mais fácil chorar durante o louvor do que desenvolver relacionamentos com os vizinhos.

É por isso que muitas pessoas preferem Igrejas de programas. Porque lá, as pessoas se reúnem em programações (cultos) no prédio, são cheias do fogo, ‘revelam’ tudo, caem na ‘unção’… Mas depois cada um vai para sua casa e vive a sua vida. ISSO NÃO É CRISTIANISMO! Ser Cristão é ser família!

Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da FAMÍLIA DE DEUS. Efésios 2:19.

Família não se encontra apenas nos finais de semana! Família vive junto! Família participa da mesa! E na convivência é que saem as farpas… Mas que bom! Elas precisam sair mesmo! São as pessoas que moram contigo, a sua família, são elas que mais te conhecem e por tal as que melhor podem ajudar você a conhecer a si mesmo e como pode (e precisa) mudar!
Quando alguém de dentro de casa nos repreende, às vezes pensamos que aquela pessoa está ali para nos atrapalhar. Que ela está freando nosso crescimento. Na verdade, as pessoas de dentro de casa são as que Deus mais usa para nos tratar. São instrumentos do Senhor em nossas vidas. Para você ter uma ideia, os irmãos de Jesus acharam que ele estava louco (Mc 3:21).

Por isso que alguns religiosos, não gostam de células. Igreja em Células agridem profundamente o ORGULHO e o INDIVIDUALISMO. O narcisista sofre até morrer… E nascer de novo como um novo homem altruísta. Pois é preciso abrir a casa, ou no mínimo, entrar na casa de alguém. E quando menos se espera: “Opa, comida”! Jesus comia com as pessoas ‘informalmente’ até o ponto de o criticarem seus discípulos por não lavarem as mãos (Mt 15:2).

O Fariseu, detesta discipulado. Se bem que ele até gosta de discipular, mas odeia ser discipulado. Afinal, cada encontro com o discipulador, a plaina e a lixa comem! E o fariseu não quer ser confrontado. Ele quer posar bonito no púlpito, quer ser curtido no Face e aplaudido nas ruas. Não quer ser supervisionado em sua corrupta e imunda vida particular. QUER TER APARÊNCIA BONITA, MAS, MANTER A MORTE POR DENTRO.

“Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade. Mateus 23:27-28.

COMUNHÃO significa: Participação, contribuição (oferta, coleta), parceria, companheirismo. Acaso não é isso que buscamos viver?

Se queremos viver os milagres e o crescimento da Igreja Primitiva precisamos adotar os valores dela. E sabe de uma coisa… Eles sabiam o que era amor Ágape e Koinonia.

Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à COMUNHÃO, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em casa e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos. Atos 2:42-47.

A comunhão ensina por osmose (absorve naturalmente princípios e valores). Se por um lado “as más conversações (companhias) corrompem os bons costumes” (1Co 15:33), as boas companhias edificam.

O que é em suma discipulado? É o discípulo ao lado.

Se chamamos alguém de ‘meu discípulo’ ou de ‘meu discipulador’ porém, sem passar tempo em comunhão com essa pessoa, então, ainda não entendemos o que é discipulado!

Jesus morou com os 12 (e os 12 com Ele)! As viagens missionárias de Paulo chegavam a durar 3 anos: E seus discípulos viajavam com ele! Houve uma época onde Paulo e Áquila (discípulo) passavam o dia e a noite juntos! Trabalhavam juntos durante o dia, moravam juntos durante a noite (junto com a esposa de Áquila, Priscila).

O primeiro milagre de Jesus foi em uma festa! Jesus seguidamente ia na casa de Lázaro, Maria e Marta. Ele próprio ordena aos discípulo que vão a cidade preparar a Ceia. Quando se encontra com a mulher no poço de Jacó, os discípulos tinham saído para comprar comida. Depois do culto, por duas vezes os discípulos queriam mandar o povo para casa de barriga vazia; porém, Jesus multiplicou os pães! E quando Pedro pegou, Jesus esperou ele e os demais com peixe assado! Jesus gostava tanto de comunhão e, comunhão com comida, que foi chamado de glutão (comilão)!

O Espírito Santo é tão zeloso sobre Koinonia que deu a Pedro uma visão de um lençol cheio de todo tipo de animais, inclusive muitos proibidos pela Lei de Moisés aos judeus da Antiga Aliança. Ele mandou Pedro matar e comer. Porém Pedro se negava a fazê-lo com veemência. Por 3 vezes isso lhe ocorreu. Por fim, a visão se encerra e gentios batem a porta. Qual era a mensagem do Espírito Santo: “Se liga Pedro, agora é Nova Aliança no Sangue de Jesus, vá ter comunhão com os gentios e como de tudo com eles”! Aleluiaaaa!
Para Jesus é muito claro que não é o que entra no homem que o contamina, mas, o que sai dele (Mt 15:11).
Vejam só Jesus na casa de Simão com uma (ex) pecadora lavando seus pés, ou na de Mateus ou ainda casa de Zaqueu (tidos como traidores). Foi acusado (religiosos) de comer com ‘pecadores’.

A maioria de nós aqui mora em boas casas, come boas comidas e tem até carro. A maioria de nós vive em um padrão muito acima do necessário para viver. Precisamos aprender a repartir. E creio que já estamos aprendendo. Precisamos aprender a abrir nossas casas para receber todo tipo de pessoas. Não apenas nossas casas, também nossos corações.
Acaso não oramos para Jesus salvar os pecadores, os ladrões, as prostitutas, os políticos corruptos, ricos e os pobres? Então quando entrarem por essa porta, pobres, prostitutas, políticos, alcoólatras e drogaditosNão podemos recebe-los com diferença! Deveremos amá-los mais do que a nós mesmos porque nós e eles iríamos para o mesmo inferno, pelos mesmos pecados não fosse Jesus ter nos salvado! VOCÊ NÃO É MAIS MERECEDOR DA GRAÇA DO QUE ELES!

Nunca esqueça que Paulo era um assassino! A Igreja não o queria deixar entrar. Pode imaginar isso? A Igreja fechou a porta na cara de Paulo!!! Mas, Barnabé, homem cheio do Espírito Santo o recebeu, o integrou e o amou mais do que a si mesmo!
Enquanto todos cochichavam: NÃO ACREDITO QUE ELE TENHA SE CONVERTIDO, isso é fogo de palha… Barnabé colocou a sua reptação em risco e consolidou Paulo.

Através da comunhão a multiforme graça de Deus (1Pe 4:10) é manifesta.

(Jogo da Folha)
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...